Ficha do Filme

GIGANTES DE AÇO

(Real Steel, 2011)

Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela inativa Estrela inativa Estrela inativa Estrela inativa

DVD

BLU-RAY

Estreia

21/10/2011

Em 2020, o boxe praticado entre humanos foi proibido e robôs humanóides agora dominam o esporte. Charlie (Hugh Jackman) e Max (Dakota Goyo), pai e filho, se unem para treinar um campeão na categoria.
9
Nota do Público

Vote

COMPARTILHE:

FICHA TÉCNICA

Gênero: Ação

Direção: Shawn Levy

Roteiro: Dan Gilroy, Jeremy Leven, John Gatins, Richard Matheson

Elenco: Alan D. Purwin, Alan Stefan, Amanda Wright, Amy LaPlante, Andrew Kruczynski, Anthony Mackie, Antoinette Nikprelaj, Anton Narinskiy, Antonio L. Miller, Apollo Bacala, Ashley Goulson, Bill Lumbert, Brad Leo Lyon, Brett VanDunk, Brian Anderson Smith, Bryan Matti, Charlie Levy, Chris Mannix, Chris Newman, Chris O'Brien, Clarence Olinger, Clark Birchmeier, D.B. Dickerson, DaJuan Rippy, Dakota Goyo, Dan Lemieux, Daniel Everett Watson, Daryl M. Simpson, David Alan Basche, David Herbst, Dervis Lici, Don Boerst, Douglas King II, Dwight Sora, Eddie Davenport, Eric Gutman, Eric Tuchelske, Evangeline Lilly, Gary L. Minix, Gary Lee Simpson, Geneva Brunetti, Gregory Sims, Hope Davis, Hugh Jackman, J.J. Green, Jacob Godzak, Jahnel Curfman, James Rebhorn, Jamie Berk, Jason Hughley, Jay Reid, Jeff Caponigro, Jeff Rosenfeld, Jeremy Cook, Joe Kras, Joey Ghinelli, Joey Harlow, John Dezsi, John E.L. Tenney, John Gatins, John Hawkinson, John Manfredi, Johnathon VanDusen, Johnny Flynn, Johnny Truong, Jojuan Westmoreland, Jon Manthei, Jordan Kenneth Messing, Joseph Smith, Josh Jones, Joshua Ray Bell, Julian Gant, Justin P. Calkins, Kaitlan Welton, Kara Joy Reed, Karl Yune, Kathleen Brzuszek, Kef Lee, Ken Alter, Kevin Dorman, Kevin Durand, Kevin Hall, Kimberly Koltyk, Kirstie Munoz, Lamar Babi, Larry C. Fenn, Laurie Valko, Leah Barkoff, Leilani Barrett, Linda Linsley, Logan Fry, Marco Ruggeri, Maria Lucia Safi, Mary Magyari, Matt Philliben, Megan Grant, Melissa Marra, Michael B. Clark, Michael Patrick Carmody, Mike Ancrile, Morris Lee Sullivan, Nathan Kranzo, Nathaniel Loveland, Nicholas Ritz, Nicholas Yu, Nikki Smith, Olga Fonda, P.J. Edwards, Paul J. Spear, Paul W Wilson, Pauline Ann Johnson, Peter Carey, Phil LaMarr, Rachael Adams, Raffi Elias, Ralph A. Recchia, Rance Martin, Regina Taufen, Rich Lozano, Richard Goteri, Ricky Wayne, Rima Fakih, Robert Herrick, Robert Sayers, Ron Causey, Ron Heisler, Ryan Genther, Samuel Meadows, Sandy Coonan, Sarah Forton, Sebastian Sarkissian, Shana Schultz, Shane Hagedorn, Shannon Edwards, Sophie Levy, Stephen C. Forsell, Steven Campbell, Steven Hugh Nelson, Steven Scott, Suzy Hunt, Taris Tyler, Tess Levy, Tiffany Stone, Tim Holmes, Tom Carlson, Tom Feldpausch, Torey Adkins, Wayne E. Brown, Wendel Millstead, Wendy Aaron, Wendy Paquette, Will Clarke

Produção: Don Murphy, Robert Zemeckis, Shawn Levy, Susan Montford

Fotografia: Mauro Fiore

Trilha Sonora: Danny Elfman

Duração: 129 min.

Ano: 2011

País: Estados Unidos

Cor: Colorido

Estreia: 21/10/2011 (Brasil)

Distribuidora: Disney

Estúdio: 21 Laps Entertainment / Angry Films / DreamWorks SKG / ImageMovers / Reliance Entertainment / Touchstone Pictures

Classificação: 10 anos

EXTRAS

- Sem Extras
- Idioma: Inglês 5.1 e Português 2.0
- Legenda: Inglês e Português
- Formato de tela: Widescreen 1080 p
- Sem Extras
- Idioma: Inglês 5.1 e Português 2.0
- Legenda: Inglês e Português
- Formato de tela: 16x9 Widescreen 1080p

IMAGENS

CRÍTICA

por Celso Sabadin

Num futuro muito próximo, as lutas de boxe não são mais travadas por humanos, mas por robôs. Em busca de dinheiro, um ex-boxeador endividado tenta arranjar uma luta paga para o seu robô, mesmo que ele seja de um modelo ultrapassado e decadente.

A sinopse acima cabe perfeitamente em dois filmes: a supeprodução spielberguiana Gigantes de Aço e o episódio Steel, de 1963, do seriado de TV Além da Imaginação. Sem problemas. Todos sabem que Spielberg, produtor executivo do filme, não só é louco por televisão, como começou sua carreira e sua formação profissional trabalhando em produções para a tela pequena. Mas pelo menos ele poderia ter dado o devido crédito a William Matheson, roteirista do antigo episódio.

De qualquer maneira, provando novamente que em Hollywood nada se cria, nada se perde, tudo se refilma, Gigantes de Aço é ambientado em 2020 (o episódio, de 63, tinha ambientação no longínquo 1974), e mostra o ex-boxeador Charlie (Hugh Jackman, carismático como sempre), tentando pagar suas dívidas através de lutas clandestinas realizadas com os tais robôs gigantes.

Verdadeiro looser (como cultura americana cultua isso!), Charlie não tem casa, não tem dinheiro, vive fugindo dos credores e – ainda por cima – recebe a notícia da morte de uma antiga namorada, que lhe deixou um filho de 11 anos que ele sequer conhece. Quer mais? O sujeito está disposto a vender o garoto.

Não são necessários mais que 10 minutos para que se perceba tudo o que vai acontecer até o final. Mesmo porque a fórmula pai looser ausente + criança abandonada que se afeiçoa ao pai + empreitada sonhadora de desafiar os poderosos é uma das mais utilizadas e manjadas do cinemão americano. E o final é exatamente este que você está esperando. É o velho – e põe velho nisso – tema da segunda chance.

A boa notícia, porém, é que todos estes clichezaços batidos e rebatidos são manipulados no filme com total competência por um time composto por nada menos que 12 produtores. Entre eles, além do já citado Speilberg, seu pupilo Robert Zemeckis (De Volta para o Futuro) e Shawn Levy (Uma Noite no Museu). Com um time deste calibre, não é de estranhar que Gigantes de Aço seja realmente impecável em sua produção e capricho.

Se o roteiro não é dos mais criativos, misturando elementos de Seabiscuit com Rocky, de O Garoto com O Campeão, de Lassie com Transformers, criando uma verdadeira salada mista de tudo o que você já conhece, isso não é impedimento para que Gigantes de Aço não possa ser curtido sem compromisso, com a família toda reunida diante de alguns baldes de pipoca. Vale o programa.

Prêmios e Indicações

2012

>> Oscar: Indicado na categoria Melhores Efeitos Visuais

COMENTAR

comments powered by Disqus

CURIOSIDADES

Do mesmo diretor de Uma Noite Fora de Série e Uma Noite no Museu 2
Parceiro R7