Ficha do Filme

JEAN CHARLES

(Jean Charles, 2008)

Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela inativa Estrela inativa Estrela inativa Estrela inativa

DVD

Estreia

26/06/2009

O filme acompanha as experiências de diversos brasileiros que, em busca do sonho de uma vida melhor, arriscam viver longe de seu país, contando não apenas com seus próprios esforços, mas, principalmente, com a alegria e criatividade - características marcantes do povo brasileiro. A história dessa comunidade é contada a partir de Jean Charles (Selton Mello), eletricista brasileiro assassinado em 2005 pela polícia britânica por ter sido confundido com um terrorista.

Vote

COMPARTILHE:

FICHA TÉCNICA

Gênero: Drama

Direção: Henrique Goldman

Roteiro: Henrique Goldman, Marcelo Starobinas

Elenco: Craig Henderson, Daniel de Oliveira, David Blakeley, Ewan Ross, Luis Miranda, Marek Oravec, Patrícia Armani, Renu Setna, Selton Mello, Sidney Magal, Vanessa Giácomo

Produção: Carlos Nader, Henrique Goldman, Luke Schiller

Fotografia: Guillermo Escalon

Trilha Sonora: Nitin Sawhney

Duração: 93 min.

Ano: 2008

País: Brasil / Reino Unido

Cor: Colorido

Estreia: 26/06/2009 (Brasil)

Distribuidora: Imagem Filmes

Estúdio: Mango Films

EXTRAS

- Slide Show
- Novidades
- Trailer Oficial
Formato da Tela: 16:9 Widescreen Anamórfico
Áudio: Português e Inglês 5.1 e 2.0 Dolby Digital
Legendas: Português
Duração: 93 Minutos

CRÍTICA

por Heitor Augusto

Henrique Goldman conseguiu um feito que, guardadas as imensas devidas proporções, Carlos Reichenbach fizera em Falsa Loura: fidelidade e veracidade ao construir um pequeno retrato de um grupo. Reichenbach com o proletariado paulistano por meio de uma musa de chão de fábrica; Goldman com imigrantes brasileiros em Londres por meio de um mineiro caipira.

Este mineiro é Jean Charles de Menezes, brasileiro assassinado em 2005 pela polícia britânica, que alegou tê-lo confundido com um terrorista. Este é o personagem recriado por Goldman em Jean Charles. O diretor optou por não priorizar a responsabilidade da polícia, apresentando um personagem alegre, empolgante, engraçado, agregador, astuto e por vezes picareta. Uma “celebração”, segundo suas próprias palavras.

E por que a comparação com Reichenbach? Por causa da veracidade do figurino de Veri Ferraz, os movimentos documentais da câmera de Guillermo Escalón, a sempre bem-vinda interpretação de Selton Mello como Jean e, acima de tudo, pelo texto criado por Goldman e Marcelo Starobinas, fluido e sem academicismos – realmente parece ter saído da boca daquelas pessoas.

Por exemplo: “Esse aqui é o George Foreman, original!”, diz Alex (Luís Miranda) de boca cheia sobre grill que virou hit. Ou senão: “Brasileirada aqui é que nem Gremlins, você joga água e nasce mais uns trezentos”, “filosofa” Jean. Pequenos detalhes que, somados, formam um conjunto crível e encantador. Com uma participação de Sidney Magal como a cereja do bolo - tão criativa como os personagens Bruno de André e Luís Ronaldo em Falsa Loura.

Mas há o outro lado da moeda: a morte de Jean Charles é um acontecimento que tem implicações políticas e reflete a maneira que o Reino Unido conduzia sua política externa, cujas decisões implicaram a série de atentados ocorridos no metrô londrino 15 dias antes do assassinato do brasileiro. Se o roteiro primou por reconstituir a execução de acordo com depoimentos de testemunhas, pecou por colocar o ocorrido e seus desdobramentos em poucos minutos de filme.

Opção que Goldman tem todo direito de tomar. Mas uma coisa não pode deixar de ser dita: devido a decisões políticas, ocorreram os atentados em Londres. Por conseqüência, a morte de Jean; Ficou um gostinho de que Jean Charles poderia ter ido além nesse assunto.

COMENTAR

comments powered by Disqus

CURIOSIDADES

Patrícia Armani interpreta a si própria em Jean Charles. Ela era prima do verdadeiro Jean Charles de Menezes;
As filmagens duraram 5 semanas em Londres e uma semana em Paulínia. A cidade brasileira foi adaptada como Gonzaga, cidade mineira onde Jean Charles de Menezes nasceu.
Parceiro R7