Ficha do Filme

O ATAQUE

(White House Down, 2013)

Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela inativa Estrela inativa Estrela inativa Estrela inativa Estrela inativa

DVD

BLU-RAY

Estreia

06/09/2013

O policial John Cale (Channing Tatum) acaba de ter o emprego dos sonhos no Serviço Secreto para proteger o presidente James Sawyer (Jamie Foxx) negado. Sem querer decepcionar sua filha com a notícia, ele a leva para fazer um tour pela Casa Branca, quando o local é invadido por um grupo paramilitar armado. Agora, com o governo do país em colapso e o tempo acabando, está nas mãos de Cale salvar o presidente, sua filha e o país.

8
Nota do Público

Vote

COMPARTILHE:

FICHA TÉCNICA

Gênero: Ação

Direção: Roland Emmerich

Roteiro: James Vanderbilt

Elenco: Alain Moussi, Andrew Shaver, Anthony Lemke, Benoit Priest, Channing Tatum, Colby Chartrand, Faber Dewar, Falk Hentschel, Garcelle Beauvais, Gary Wasniewski, Jackie Geary, Jake Weber, James Woods, Jamie Foxx, Jason Clarke, Joey King, John MacDonald, Kevin Rankin, Kwasi Songui, Lance Reddick, Lee Villeneuve, Louis Paquette, Maggie Gyllenhaal, Marc Primeau, Mario Geoffrey, Matt Craven, Michael Murphy, Nicolas Wright, Patrick Kerton, Patrick Sabongui, Rhys Williams, Richard Bradshaw, Richard Jenkins, Romano Orzari, Simon Northwood, Stéphane Dargis, Vincent Leclerc, Yardly Kavanagh

Produção: Brad Fischer, Harald Kloser, James Vanderbilt, Laeta Kalogridis, Larry J. Franco, Roland Emmerich

Fotografia: Anna Foerster

Montador: Adam Wolfe

Trilha Sonora: Harald Kloser, Thomas Wanker

Duração: 131 min.

Ano: 2013

País: Estados Unidos

Cor: Colorido

Estreia: 06/09/2013 (Brasil)

Distribuidora: Sony Pictures

Estúdio: Centropolis Entertainment / Iron Horse Entertainment / Mythology Entertainment

Classificação: 14 anos

EXTRAS

» Locação

- Sem Extras

- Formato de tela: 16:9 Widescreen Anamórfico

- Áudio: Inglês, Espanhol e Português

- Legendas: Inglês, Espanhol e Português

» Locação

- Erros de Gravação

-  Por Dentro da História: Do Roteiro às Telas do Cinema

-  Por Dentro da Limousine Presidencial

-  O Arsenal Completo: Armas, Granadas, Tanques e Helicópteros

-  Tratamento Presidencial: Uma Produção Gigantesca

-  Invadindo o Salão Oval: Por Trás dos Efeitos Especiais;

- Recriando a Casa Branca

-  Quebrando Barreiras

- Efeitos Visuais

- Formato de tela: 16:9 Widescreen Anamórfico

- Áudio: Inglês, Espanhol e Português

- Legendas: Inglês, Espanhol e Português

IMAGENS

CRÍTICA

por Daniel Reininger

O Ataque é o típico filme de ação dos anos 80. Com premissa improvável e herói incorruptível, poderia passar até mesmo como continuação de Duro De Matar. Ao invés disso, é versão mais bem humorada de Invasão À Casa Branca, filme recente com Gerard Butler. Apesar da falta de novidades, os fãs de Roland Emmerich devem ficar satisfeitos com a segunda tentativa, depois de Independence Day, do diretor destruir o símbolo norte-americano.

Sem entrar no mérito da necessidade de duas produções tão similares com lançamentos tão próximos, é preciso dizer que O Ataque supera Invasão à Casa Branca em dois aspectos importantes: recriação dos cenários e trama. O longa apresenta personagens mais carismáticos e um grupo paramilitar americano como inimigo do estado, e não um país distante com ilusões de grandeza.

Channing Tatum é John Cale, policial do congresso determinado a impressionar sua estranha filha Emily, cujo ídolo é o presidente (Jamie Foxx) dos EUA. Imediatamente depois do rapaz ser entrevistado para o Serviço Secreto, a Casa Branca é tomada por extremistas e cabe a ele resgatar o presidente, sua filha e salvar o país. Moleza.

O roteiro é baseado em coincidências, sem elas não haveria história para começo de conversa. Então quem se incomoda com a lógica é melhor assistir a outra coisa. Cada surpresa e reviravolta é mais improvável do que a anterior e tudo culmina em um final a la Scooby Doo, com o verdadeiro vilão revelado apenas após a situação estar completamente resolvida. Além disso, os clichês não são poucos: o herói apanha o tempo inteiro, a criança esperta engana os terroristas e o gabinete de crise é incapaz de lidar com problemas.

Cada cena traz à mente imagens de sucessos do passado, como Força Aérea Um. A maior decepção, no entanto, é a falta de cenas grandiosas de destruição. A produção é assinada por Emmerich, então era esperado um espetáculo de explosões e ação exagerada, mas o longa é contido e fica devendo momentos épicos. Ao invés disso, combates corpo a corpo em locais pequenos ganham destaque, com direito a piadinhas após as lutas.

Tatum entra totalmente no papel de herói retrô e funciona bem ao lado de Foxx. É interessante como eles agem em dupla. A relação dos dois lembra a de Mel Gibson e Danny Glover no primeiro Máquina Mortífera – pessoas com passados diferentes, que se tornam amigos diante das dificuldades.

Apesar dos absurdos, é possível se divertir com O Ataque. Os problemas não são graves a ponto de estragar a experiência, como acontece em Duro de Matar 5, e a nostalgia trabalha a favor da produção. O maior problema, como já era esperado, é o patriotismo exacerbado, um tanto irritante para quem não gosta de dormir enrolado na bandeira norte-americana.

COMENTAR

comments powered by Disqus
Parceiro R7