Ficha do Filme

O MUNDO IMAGINÁRIO DO DR. PARNASSUS

(The Imaginarium of Doctor Parnassus, 2009)

Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela inativa Estrela inativa Estrela inativa Estrela inativa

DVD

BLU-RAY

Estreia

07/05/2010

Dr. Parnassus (Christopher Plummer) é um imortal contador de histórias que viaja pelo mundo com seus companheiros, em uma espécie de teatro itinerante, e sofre pelo fato do mundo não precisar mais de seus contos. Abençoado com o extraordinário dom de guiar a imaginação dos outros, o Doutor Parnassus é amaldiçoado com um sinistro segredo. Jogador inveterado há milhares de anos, ele fez uma aposta com o diabo, o Sr. Nick (Tom Waits), em troca da imortalidade. Séculos depois, ao conhecer o seu verdadeiro amor, o Dr. Parnassus faz outra aposta com o diabo, na qual ele trocaria a imortalidade pela juventude, desde que, ao atingir 16 anos, sua filha Valentina (Lily Cole) se tornasse propriedade do Sr. Nick. A jovem está prestes a completar 16 anos e o Dr. Parnassus fica desesperado para protegê-la do seu destino iminente. O Sr. Nick chega para cobrar a dívida, mas, como não pode deixar passar uma boa aposta, resolve renegociar o prêmio. Agora, o destino de Valentina será decidido por aquele que seduzir as cinco primeiras almas. Seguido por uma série de personagens loucas, cômicas e fascinantes, o Dr. Parnassus promete a mão da sua filha àquele que o ajudar a ganhar a aposta. Nesta luta cativante, explosiva e maravilhosamente imaginativa contra o tempo para salvar a sua filha o Dr. Parnassus deve enfrentar uma série de infinitos obstáculos surrealistas e desfazer, uma vez por todas, os erros que cometeu no passado.

7
Nota do Público

Vote

COMPARTILHE:

FICHA TÉCNICA

Gênero: Fantasia

Direção: Terry Gilliam

Roteiro: Charles McKeown, Terry Gilliam

Elenco: Andrew Garfield, Christopher Plummer, Colin Farrell, Heath Ledger, Johnny Depp, Jude Law, Lily Cole, Tom Waits, Verne Troyer

Produção: Amy Gilliam, Samuel Hadida, William Vince

Fotografia: Nicola Pecorini

Trilha Sonora: Jeff Danna, Mychael Danna

Duração: 122 min.

Ano: 2009

País: Canadá / França / Reino Unido

Cor: Colorido

Estreia: 07/05/2010 (Brasil)

Distribuidora: Sony Pictures

Estúdio: Davis-Films / Grosvenor Park Productions / Infinity Features Entertainment / Parnassus Productions / Poo Poo Pictures

Classificação: 14 anos

EXTRAS

Menu Interativo
Seleção de Cenas
Comentários
Cena Excluída
Atrás do Espelho
O Imaginário de Terry Gilliam
Construindo o Mosteiro
Dr. Parnassus ao Redor do Mundo
Apresentação no Palco do Elenco e Equipe
As Ilustrações do Dr. Parnassus
Heath Ledger e Amigos
A Prova de Figurino de Heath Ledger
Entrevista com Heath Ledger Duração: 122 minutos
Formato de vídeo: Widescreen & 16x9 Anamórfico
Áudio: Português, Inglês: Dolby Digital 5.1
Legendas: Português, Inglês
- Sem extras
- Duração: 122 minutos.
- Idiomas: Inglês e Português
- Legendas: Inglês Português Espanhol
- Formato de Tela: 1080i High Definition Widescreen

IMAGENS

CRÍTICA

por Angélica Bito

O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus está fadado a ser lembrado como o último filme de Heath Ledger, que morreu durante as filmagens do longa, em janeiro de 2008. Mas, para quem assiste, o filme supera esse rótulo por conta da notável - e já provada - capacidade do diretor Terry Gilliam em dar forma aos seus mais malucos delírios.

E, no caso deste seu novo trabalho, nada mais pertinente do que deixar a criatividade fluir solta. O dr. Parnassus do título (vivido por Christopher Plummer) é um homem com mais de três mil anos. Ele lidera um grupo de teatro mambembe que tenta sobreviver numa época quando as pessoas não se interessam mais por histórias. Em meio a uma úmida e atual Londres, a trupe – completada por Valentina (Lily Cole), filha de Parnassus; Percy (Verne Troyer) e Anton (Andrew Garfield) - encena o mundo imaginativo de Parnassus, que realmente existe através do espelho aparentemente cenográfico instalado no centro de seu palco. Sua moldura, no entanto, é passagem para a imaginação não do protagonista, mas do próprio cidadão que ousa ultrapassar a fronteira entre a realidade e a mente, tão cheia de ilusão truques e armadilhas. Mas o grande desafio de Parnassus é ganhar uma aposta feita há muito, muito tempo com Nick (o cantor Tom Waits), também conhecido como o Diabo.

A realidade em O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus é sempre suja, úmida, escura. A direção de arte do longa reserva ao grupo de Parnassus os ambientes e figurinos mais criativos, brilhantes, em muitos momentos coloridos, enquanto as ruas de Londres são dominadas pela escuridão de um mundo que não quer mais saber das histórias do protagonista. Mas, quando os personagens ultrapassam o espelho de Parnassus – como a Alice de Lewis Carrol, que também atinge um mundo imaginário ao passar pelo objeto em Alice Através do Espelho -, o filme ganha cores e formas inusitadas, que lembram muito as animações non sense de Gilliam na série Flying Circus, produzida pelo lendário grupo humorístico inglês Monty Phyton, do qual fez parte. Criaturas sem corpos, somente com pés; cabeças gigantes das quais saem seres humanos; números musicais incomuns: são elementos que fazem parte da imaginação de Gilliam.

Vale lembrar a boa solução pensada pelo roteiro, escrito por Gilliam e Charles McKeown, depois da morte de Ledger, que não havia concluído sua participação como o personagem Tony, que se junta à trupe de Parnassus. Sem o ator, os atores Johnny Depp, Jude Law e Colin Farrell substituem Ledger de uma forma plausível, condizente com a história do filme.

Muitos devem ser atraídos a O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus pelo fato de ter Heath Ledger no elenco, mas este não deve ser o único motivo a levar o espectador à projeção, pelo contrário. Não é um filme fácil. Esteticamente desafiador, tem um roteiro complexo, permeado principalmente pelo surreal, que não agrada a todos os públicos, mas principalmente aos que apreciam as loucuras características do cinema de Gilliam. De qualquer forma, jamais deve ser restrito somente ao rótulo de “o último filme de Heath Ledger”; é uma obra resultante do interessantíssimo mundo imaginário de Terry Gilliam.

Prêmios e Indicações


» Exibido no Festival de Cannes.

COMENTAR

comments powered by Disqus

CURIOSIDADES

Último filme de Heath Ledger, que morreu durante as filmagens, em 22 de janeiro de 2008.
Johnny Depp, Jude Law e Colin Farrell substituíram o ator. Eles interpretam Tony após a primeira, segunda e terceira transformação, respectivamente.
Parceiro R7