ALTA VELOCIDADE

ALTA VELOCIDADE

(Driven)

2001 , 117 MIN.

12 anos

Gênero: Ação

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Renny Harlin

    Equipe técnica

    Roteiro: Jan Skrentny, Neal Tabachnick, Sylvester Stallone

    Produção: Elie Samaha, Renny Harlin, Sylvester Stallone

    Fotografia: Mauro Fiore

    Trilha Sonora: BT

    Elenco

    Burt Reynolds, Christián de la Fuente, Estella Warren, Gina Gershon, Kip Pardue, Robert Sean Leonard, Stacy Edwards, Sylvester Stallone, Til Schweiger

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Os críticos já sabem. Os internautas do Cineclick também: quando uma distribuidora de cinema esconde seu filme da imprensa, isto é sinal que vem bomba por aí. Ainda não posso afirmar, justamente por não ter visto o filme. Mas é de se estranhar: por que a distribuidora não mostrou para nenhum jornalista o novo filme de Sylvester Stallone chamado Alta Velocidade? Tchan, tchan, tchan, tchan...

    Estrelado por Stallone, Burt Reynolds e Gina Gershon, Alta Velocidade mostra a história de Jimmy Bly (Kip Pardue) um jovem temperamental que começa a cair no ranking mundial dos pilotos de corrida. Ele é atormentado pela pressão de seu empresário e irmão, o ambicioso DeMille (Robert Sean Leonard). Porém, Carl Henry (Burt Reynolds), o dono da equipe de Jimmy, já viu este filme antes e, por isso, manda chamar Joe Tanto (Sylvester Stallone), um velho campeão para treinar e aconselhar sua jovem estrela. Joe deixou as pistas após um acidente e ainda tem contas para acertar entre os velhos amigos. Assim como Jimmy, ele também misturou amor e trabalho. Sua ex-mulher Cathy (Gina Gershon), que o abandonou durante o declínio, vive agora com o inimigo: o piloto Memo Moreno (Cristián de La Fuente).

    Para dar maior veracidade às cenas de corrida, foram contratados diversos pilotos das mais variadas categorias do automobilismo, incluindo os campeões de Fórmula-1 Mika Hakkinen e Jacques Villeneuve, além de Mika Salo, David Coulthard e Jean Alesi; e pilotos de Fórmula Indy e CART, como Max Papis, Kenny Brack, Paul Tracy e os brasileiros Christian Fittipaldi e Maurício Gugelmin. Foi o próprio Gugelmin quem dublou Stallone nas pistas.

    A direção é do finlandês Renny Harlin, o mesmo de A Hora do Pesadelo 4, Duro de Matar 2 e Risco Total (também com Stallone).

    A conferir.

    9 de agosto de 2001
    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rede Bandeirantes de Televisão, Canal 21, Band News e Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. [email protected]

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus