AMALDIÇOADOS

AMALDIÇOADOS

(Cursed)

2005 , 97 MIN.

14 anos

Gênero: Terror

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Wes Craven

    Equipe técnica

    Roteiro: Kevin Williamson

    Produção: Kevin Williamson, Marianne Maddalena

    Fotografia: Robert McLachlan

    Trilha Sonora: Marco Beltrami

    Estúdio: Craven-Maddalena Films, Dimension Films

    Elenco

    Christina Ricci, James Brolin, Jesse Eisenberg, Joshua Jackson, Judy Greer, Kristina Anapau, Michael Rosenbaum, Milo Ventimiglia, Portia de Rossi, Scott Foley, Shannon Elizabeth

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Algumas coisas presentes em filmes de terror realmente incomodam. Não por serem ruins, ou nada assustadoras, mas recorrentes demais. Trata-se de um gênero esgotado e todos sabem disso. Em busca de uma solução, talvez, tornou-se moda refilmar filmes de terror japoneses (como O Chamado e O Grito). Não é este o caso de Amaldiçoados. O roteiro é "inédito" - se é que podemos usar esta palavra neste caso - e escrito por Kevin Williamson que, ao lado do diretor Wes Craven, já foi mais criativo (Pânico saiu da cabeça desta dupla, por exemplo). Mas agora não é o momento dos dois: este não é mais do que "outro filme de terror para adolescentes".

    Então, vamos relembrar os pontos que transformam um longa-metragem em "outro filme de terror para adolescentes": decotes generosos no figurino das coadjuvantes (a cantora Mya e Shannon Elizabeth) - se elas morrerem no começo, melhor ainda; o personagem assustador que mata de forma sanguinária (um lobisomem que mais parece um Pé Grande saído do programa Hermes e Renato serve?); uma protagonista angustiada, cuja família é marcada por dramas, e, claro, sustos fáceis. Daqueles bem manjados. Ah, sem esquecer a trilha sonora cheia de riffs pesados - a primeira cena do filme é o Bowling For Soup interpretando uma música sobre a Chapeuzinho Vermelho (não em sua única referência no filme, não imagino por que), banda acompanhada na trilha sonora por Alkaline Trio, Dashboard Confessional e Three Days Grace, entre outros - e um pouco de música eletrônica para as cenas de ação. Pode apostar que tudo isso está em Amaldiçoados.

    A angustiada protagonista, no caso, é a produtora de TV Ellie (Christina Ricci, definitivamente pedindo uma franja). Logo no começo do filme, ela e o irmão Jimmy (Jesse Eisenberg) - que, claro, é um nerd com uma quedinha pela namorada do capitão de qualquer time de esportes (isso não importa muito) - envolvem-se em um acidente de carro na famosa Mulholand Drive, em Los Angeles. Depois de verem uma jovem ser dilacerada por um animal não-identificado (que também os agrediu), os dois começam a mudar. Mais atrativos sexualmente e com o faro bastante apurado, mal percebem que estão estranhos enquanto comem bifes crus no café da manhã. Jimmy é o primeiro a pensar na hipótese de ter se tornado um lobisomem. Na verdade, acho que ele viu muitos filmes como este no passado, pois ele já pensa na absurda (pelo menos para nós) hipótese de ter sido amaldiçoado na mesma noite do ataque.

    Como você pode perceber, Amaldiçoados não traz absolutamente nada de novo no gênero. Nem os efeitos especiais compensam - na verdade, as cenas nas quais humanos viram lobos são constrangedoras. Assim como todo o restante do longa. Se pensarmos que a finalização do filme foi adiada por mais de um ano devido a problemas no roteiro, a conclusão é que antes ele estava uma tremenda tragédia, maior do que ser atacado por um lobisomem. Talvez isso ajude a "apreciar" melhor essa versão definitiva da história de Williamson e Craven. Mas fica a torcida para que, ao contrário da maioria dos filmes do gênero "outro filme de terror para adolescentes", este não ganhe uma continuação.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus