ANESIA: UM VÔO NO TEMPO

ANESIA: UM VÔO NO TEMPO

(Anesia: Um Vôo no Tempo)

2001 , 73 MIN.

Gênero: Documentário

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Ludmila Ferolla

    Equipe técnica

    Roteiro: Ludmila Ferolla

    Produção: Ludmila Ferolla

    Fotografia: Ludmila Ferolla

    Trilha Sonora: Luiz Macedo, Renato Lemos

    Estúdio: Magia Filmes

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Santos Dumont todo mundo conhece. E sobre Anesia Pinheiro Machado, alguém já ouviu falar? Foi exatamente com a intenção de resgatar a memória desta pioneira da aviação brasileira que a cineasta Ludmilla Ferolla realizou o documentário Anésia - Um Vôo no Tempo, que chega no circuito paulistano neste fim de semana.

    Aos 93 anos, pouco antes de sua morte, Anesia concedeu uma série de entrevistas para o filme. Plenamente lúcida e com uma memória invejável, ela conduz o fio narrativo de uma verdadeira viagem pelo século passado, sob o ponto de vista dos pioneiros da aviação.

    Tudo começa nos anos 20, no interior paulista, quando Anesia, então com 16 anos, se impressionou ao ver uma aeronave trazida como atração para a Festa do Divino. Determinada a se tornar aviadora, ela viaja até a capital, onde enfrenta todos os obstáculos e problemas para ingressar numa carreira na época exclusivamente masculina. Em 17 de março de 1922, Anesia escreve seu nome na história da aviação ao realizar o primeiro vôo solo de uma mulher brasileira, num momento em que os aviões ainda eram bastante precários. Ela bateria ainda o primeiro recorde feminino de altitude e, em seguida, se tornou a primeira mulher a voar sozinha de São Paulo ao Rio de Janeiro, façanha que lhe rendeu uma medalha dada pessoalmente por Santos Dumont. Atuou como revolucionária em 1924, foi presa e manteve sua militância pioneira até o final de sua vida. Reconhecida internacionalmente, ela usou sua influência junto à Nasa para que uma cratera da Lua fosse batizada com o nome de Santos Dumont. Faleceu em junho de 1999, aos 95 anos, antes de ver o filme estrear nos cinemas.

    Anésia - Um Vôo no Tempo mistura farto material de arquivo com algumas reconstituições de época (com a atriz Marcela Rafea), depoimentos e cenas aéreas cuidadosamente pesquisadas. A ousadia da biografada, porém, não condiz com o formalismo da biografia. A diretora Ludmilla, estreante em longa-metragem, realiza um trabalho tecnicamente competente, mas peca pela falta de criatividade. Dentro de rígidos padrões tradicionais, o filme não ousa nem cria como a personalidade que o inspirou e tem interesse muito mais didático e histórico que propriamente cinematográfico. Mas, mesmo assim, tem o mérito de levar para o grande público uma importante história até então de conhecimento restrito.

    26 de novembro de 2001
    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. [email protected]

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus