AS DIVAS DE BLUE IGUANA

AS DIVAS DE BLUE IGUANA

(Dancing at the Blue Iguana)

2000 , 123 MIN.

Gênero: Drama

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Michael Radford

    Equipe técnica

    Roteiro: David Linter, Michael Radford

    Produção: Damian Jones, Dana Lustig, Ernst Etch, Graham Broadbent, Michael Radford, Ram Bergman, Sheila Kelley

    Fotografia: Ericson Core

    Trilha Sonora: Renato Neto, Tal Bergman

    Estúdio: Bergman Lustig Productions, Dragon Pictures

    Elenco

    Charlotte Ayanna, Chris Hogan, Daryl Hannah, Elias Koteas, Jennifer Tilly, Kristin Bauer, Robert Wisdom, Sandra Oh, Sheila Kelley, Vladimir Mashkov, W. Earl Brown

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Cinco garotas ganham a vida dançando num clube de strip-tease (o Blue Iguana do título). Cada uma delas tem seus sonhos, decepções e, principalmente, seus motivos para estar ali. O difícil mesmo é encontrar os motivos para alguém ter feito um filme tão aborrecido e monótono. As histórias das meninas se arrastam por intermináveis 123 minutos que parecem se multiplicar na tela. A narrativa é lenta, desinteressante e de raríssimas emoções. É como se fosse uma refilmagem da bomba Striptease (com Demi Moore, lembram?), mas sem as cenas eróticas. Trata-se de uma produção pequena que estreou em apenas sete salas nos EUA. Praticamente um lançamento secreto. Nada condizente com o talento de seu diretor, Michael Radford, o mesmo de O Carteiro e o Poeta.

    04 de outubro de 2002

    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. [email protected]

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus