BLOOM

BLOOM

(Bloom)

2003 , 108 MIN.

16 anos

Gênero: Drama

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Sean Walsh

    Equipe técnica

    Produção: Mark Byrne, Sean Walsh

    Fotografia: Ciarán Tanham

    Trilha Sonora: David Kahne

    Estúdio: Odyssey Pictures

    Elenco

    Aideen McDonald, Alvaro Lucchesi, Angeline Ball, Eoin McCarthy, Hugh O'Conor, Maria Hayden, Mark Huberman, Neilí Conroy, Pat McGrath, Stephen Rea

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    O diretor e roteirista Sean Walsh não foi nem um pouquinho modesto nesta sua estréia cinematográfica. Para começar sua carreira na tela grande, optou por adaptar nada mais nada menos que o gigantesco e intricado clássico da literatura Ulisses, de James Joyce. Deu-se muito mal. Fez um filme lento, arrastado, confuso, desesperadamente verbal e quase indigerível. Não havia feito nenhum filme antes e não fez nenhum depois (vale lembrar que este é de 2003).

    Tudo se passa em Dublin, num único dia: 16 de junho de 1904. Stephen Dedalus (Hugh O'Connor), Molly Bloom (Angeline Ball) e seu marido Leopold Bloom (Stephen Rea, onipresente em filmes irlandeses) trocam idéias diretamente com a platéia, olhando para a tela, sem deixar claro o que realmente está acontecendo e o que é fruto de suas imaginações. Falam de amor, sexo, traições, obsessões, prazer, casamento, moral. São 113 insuportáveis minutos (parece muito mais) de um filme que foi indicado a cinco prêmios IFTA (um dos mais importantes da Irlanda) e acabou levando o de Melhor Atriz para Angeline Ball. A safra deve ter sido péssima naquele ano.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus