BOTÍN DE GUERRA

BOTÍN DE GUERRA

(Botín de Guerra)

1999 , 117 MIN.

14 anos

Gênero: Documentário

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • David Blaustein

    Equipe técnica

    Roteiro: David Blaustein, Luisa Irene Ickowicz

    Produção: David Blaustein, Gerardo Herrero, Mariela Besuievski

    Fotografia: Marcelo Iaccarino

    Trilha Sonora: Jorge Drexler

    Estúdio: Zafra Cine Difusión S.A. Lafinur

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Chega ao mercado brasileiro, com três anos de atraso, esta co-produção hispano-argentina que merece ser conferida por quem gosta do bom cinema político latino. Por meio de entrevistas gravadas na Argentina, Espanha e Suíça, Botín de Guerra documenta o grupo “Avós da Praça de Maio”, criado em outubro de 1977, na mesma linha do internacionalmente conhecido “Mães da Praça de Maio”. Como o próprio nome já diz, o grupo é composto por avós que procuravam (e muitas ainda procuram) seus netos seqüestrados pelos ditadores argentinos, ou mesmo nascidos em celas e separados de suas verdadeiras mães, após o nascimento.

    O tema é inevitavelmente emocionante. Quer pela proximidade, quer pela similaridade dos fatos relatados com a situação também vivida nos “anos de chumbo” brasileiros. Esta forte carga emotiva que Botín de Guerra carrega em sua temática lhe rendeu vários prêmios internacionais, incluindo os festivais de Havana, Santa Bárbara (Estados Unidos), Valladollid (Espanha) e até na mostra Panorama do prestigiado Festival de Berlim.

    A direção é do portenho David Baustein, o mesmo de Cazadores de Utopia, de 1994, inédito no Brasil. Botín de Guerra é seu segundo filme. Um trabalho sério e denso que não nos deixa esquecer as atrocidades das ditaduras que assolaram a América Latina nos anos 60, 70 e início dos 80.

    10 de setembro de 2002
    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. [email protected]

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus