BROTHERS

BROTHERS

(Brothers/ Brødre)

2004 , 110 MIN.

16 anos

Gênero: Drama

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Susanne Bier

    Equipe técnica

    Roteiro: Anders Thomas Jensen, Susanne Bier

    Produção: Peter Aalbæk Jensen, Sisse Graum Olsen

    Fotografia: Morten Søborg

    Trilha Sonora: Johan Söderqvist

    Estúdio: Zentropa Entertainments

    Elenco

    Bent Mejding, Connie Nielsen, Nikolaj Lie Kaas, Ulrich Thomsen

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    A família dos irmãos Michael (Ulrich Thomsen) e Jannik (Nikolaj Lie Kaas) não é das mais equilibradas (mas afinal, qual é?). Enquanto Michael é um bem-casado pai de família e respeitado oficial do exército dinamarquês, Jannik é um desocupado encrenqueiro que acaba de sair da cadeia. E o pai deles faz questão de deixar bem claro a todos que Michael é realmente o seu filho querido.

    Michael faz parte das tropas de ocupação da ONU no Afeganistão, o que o distancia de sua casa (sem maiores detalhes, para não tirar do público o prazer de acompanhar a história). O afastamento provoca uma desagregação familiar e Jannik tenta assumir uma nova postura de vida. Ciúmes, medos e traições vêm à tona. De certa forma, Jannick sempre viveu em contraposição a Michael, o que passa a não ter mais sentido: na ausência do irmão, contrapor-se a quê? Como pivô de toda esta situação encontra-se a presença equilibrada (até demais) de Sarah (Connie Nielsen, de Gladiador), esposa de Michael.

    Produzido na Dinamarca, Brothers acumula mais de 20 indicações e prêmios em vários festivais internacionais. Soa exagerado. Por meio de uma narrativa linear e convencional, a diretora Susanne Bier (de Aconteceu Naquele Hotel e Corações Livres) monta um drama familiar até que competente e bem interpretado, mas longe de se destacar por méritos criativos ou cinematográficos capazes de arregalar os olhos dos cinéfilos mais exigentes.

    Destaque para a jovem Sarah Juel Werner numa emocionante performance no papel da filha Natalia.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus