CARAMURU - A INVENÇÃO DO BRASIL

CARAMURU - A INVENÇÃO DO BRASIL

(Caramuru - A Invenção do Brasil)

2000 , 85 MIN.

12 anos

Gênero: Comédia

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Guel Arraes, Jorge Furtado

    Equipe técnica

    Roteiro: Guel Arraes, Jorge Furtado

    Produção: Anna Barroso

    Fotografia: Félix Monti

    Trilha Sonora: Lenine

    Estúdio: TV Globo

    Elenco

    Camila Pitanga, Deborah Secco, Diogo Vilela, Luís Melo, Marco Nanini, Pedro Paulo Rangel, Selton Mello, Tonico Pereira

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    A história (contada nas escolas como real) do português Diogo Álvares (Selton Mello, novamente ótimo), que é degredado para o Brasil e se apaixona pela índia Paraguaçu (Camila Pitanga), serve de base para a deliciosa comédia Caramuru, A Invenção do Brasil, que estréia simultaneamente neste fim de semana em mais de 130 cinemas pelo País.

    Como já havia acontecido em O Auto da Compadecida, trata-se de uma minissérie da TV Globo que recebe nova edição e cópias em 35 mm para ganhar lançamento cinematográfico. A diferença técnica principal é o fato de O Auto da Compadecida ter sido filmado em Super 16 mm, enquanto Caramuru foi gravado no sistema HDTV - High Definition Television.

    Também na mesma linha de O Auto..., o texto é primoroso, a montagem ágil e o humor inteligente. Assinado por Guel Arraes e Jorge Furtado, o genial roteiro esmiúça a formação do caráter do povo brasileiro, por meio dos nossos mais arraigados valores culturais: a preguiça, a corrupção, a mentira e a sexualidade. Uma caprichada produção - com locações inclusive em Portugal - que usa o bom humor para radiografar a "invenção" do nosso País.

    O filme marca, em grande estilo, os dez anos de parceria entre Arraes e Furtado. Juntos, eles foram responsáveis por grandes momentos da TV brasileira, como TV Pirata e Comédia da Vida Privada.

    Esta "comédia romântica histórica narrada em tom de fábula", de acordo com o próprio Guel Arraes, tem tudo para se transformar em mais um grande sucesso de público do cinema brasileiro. Com um elenco afiado e um tipo de humor ao mesmo tempo popular e refinado, Caramuru é imperdível.

    6 de novembro de 2001
    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. [email protected]

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus