CARGA EXPLOSIVA

CARGA EXPLOSIVA

(The Transporter)

2002 , 92 MIN.

Gênero: Ação

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Corey Yuen

    Equipe técnica

    Roteiro: Luc Besson, Robert Mark Kamen

    Produção: David Lai, Luc Besson, Steve Chasman

    Fotografia: Pierre Morel

    Trilha Sonora: Stanley Clarke

    Estúdio: Canal+, Europa Corp

    Elenco

    Didier Saint Melin, Doug Rand, Jason Statham, Matt Schulze, Qi Shu, Ric Young, Tonio Descanvelle

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Já faz tempo que o diretor e produtor francês Luc Besson flerta com o estilo norte-americano de fazer cinema. Seu filme O Quinto Elemento é o maior exemplo disso. Agora, Bresson escancara definitivamente seu gosto pelo cinema hollywoodiano ao produzir Carga Explosiva, aventura com Jason Statham (de Jogos Trapaças e Dois Canos Fumegantes) no papel principal. Ele vive Frank, um motorista a serviço do crime; um sujeito tranqüilo que entrega pacotes suspeitos sem fazer nenhuma pergunta e é imbatível na arte de fugir da polícia em perseguições mirabolantes. Extremamente profissional, Frank tem uma regra fundamental em sua vida: jamais quebrar as regras. Porém, ele próprio contraria os seus princípios ao abrir um "pacote" que entregava para um criminoso e encontra lá dentro a sensual Lai (a taiwanesa Qi Shu, que já fez mais de 40 filmes no Oriente, agora tentando carreira internacional). A partir daí, a então pacata e lucrativa vida de Frank se tornará um inferno.

    Mesmo com um orçamento de produção inferior à média do gênero (US$ 21 milhões), Carga Explosiva teve um lançamento norte-americano digno de Arnold Schwarzenegger: estreou em mais de 2.500 salas e empatou seus custos com apenas três semanas de exibição. Isso sem contabilizar seu faturamento nas bilheterias da Europa.

    O filme pode não ser nenhuma maravilha de criatividade. A relação entre Frank e Lai lembra muito a de Jean Reno e Natalie Portman em O Profissional. Muitas vezes, o filme inteiro lembra O Profissional. Mas é competente na arte do entretenimento puro e simples. Sempre "over", sempre um tom a mais (principalmente na trilha sonora que beira a cafonice), Carga Explosiva se assume como comédia em vários momentos e esbanja ação em outras (a perseguição inicial, por exemplo). A dupla central de atores se equilibra, pois o que falta de carisma em Jason Statham, sobra em Qi Shu. O resultado é um bom filme de ação, despretensioso e divertido, que só não é igual aos similares americanos porque leva a grande vantagem de encher os olhos com belas locações realizadas no sul da França.

    A direção é de Cory Huen, mais um cineasta de sucesso em Hong Kong que tenta - literalmente - fazer a América no cinema ocidental. Após mais de 30 filmes realizados no Oriente, Huen coreografou as cenas de lutas em Máquina Mortífera 4 e foi diretor de segunda unidade de X-Men.

    26 de outubro de 2002
    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. [email protected]

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus