CORAÇÃO DE CAVALEIRO

CORAÇÃO DE CAVALEIRO

(A Knight's Tale)

2001 , 132 MIN.

12 anos

Gênero: Aventura

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Brian Helgeland

    Equipe técnica

    Roteiro: Brian Helgeland

    Produção: Brian Helgeland, Tim Van Rellim, Todd Black

    Fotografia: Richard Greatrex

    Trilha Sonora: Carter Burwell

    Elenco

    Alan Tudyk, Heath Ledger, Laura Fraser, Mark Addy, Paul Bettany, Rufus Sewell, Shanynn Sossamon

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Brian Helgeland, um dos responsáveis pelo excelente roteiro de Los Angeles Cidade Proibida, estreou na direção com o policial O Troco, estrelado por Mel Gibson, e partiu em seguida para o seu segundo longa-metragem: a aventura adolescente Coração de Cavaleiro, que estréia agora no Brasil. Tendo Heath Ledger (de O Patriota) no papel principal, Coração de Cavaleiro se diferencia das aventuras adolescentes recentes graças a um importante “detalhe”: a ação não se passa num típico colégio norte-americano ou numa pista de corridas de automóveis. Tudo acontece em plena era medieval!

    A história gira em torno de William, filho de camponeses, cujo maior sonho é se tornar cavaleiro do rei. Ele se inscreve em vários torneios pela Europa, sempre auxiliado pelos amigos, Chaucer (Paul Bettany) e Roland (Mark Addy), mas a honraria de ser cavaleiro é destinada apenas aos nobres. Por causa de suas origens humildes, a luta de William é cada vez mais inglória.
    Até que um dia ele conhece a bela e misteriosa Jocelyn (a estreante atriz havaiana Shannyn Sosamon) e sua vida começa a mudar.

    Duelos medievais bem montados e bem fotografados, produção caprichada e uma ótima reconstituição de época ajudam a esconder a história fraquinha e maniqueísta de Coração de Cavaleiro. Porém, ainda que um pouco ingênuo demais para a época de hoje, o filme tem um agradável sabor de aventura à moda antiga, algo no estilo “Ivanhoé” que resgata uma nostalgia perdida em algum lugar do passado.

    A trilha sonora reciclando alguns antigos sucessos do grupo inglês Queen ajuda a dar armadura nova a esta velha história de cavaleiros. Algo assim como “Excalibur vai ao shopping”.

    Divertido, se você não exigir demais.

    19 de setembro de 2001
    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rede Bandeirantes de Televisão, Canal 21, Band News e Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. [email protected]

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus