COWBOY BEBOP

COWBOY BEBOP

(Cowboy Bebop)

2001 , 116 MIN.

14 anos

Gênero: Animação

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Hiroyuki Okiura, Shinichirô Watanabe

    Equipe técnica

    Roteiro: Hajime Yatate, Keiko Nobumoto, Marc Handler

    Produção: Haruyo Kanesaku, Masahiko Minami, Masuo Ueda, Minoru Takanashi

    Trilha Sonora: Yôko Kano

    Estúdio: Destination Films

    Elenco

    Beau Billingslea, Kôichi Yamadera, Melissa Charles, Unshô Ishizuka, Wendee Lee

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Muita gente, mas muita gente mesmo, ainda acha que desenho animado é um gênero cinematográfico infantil. São dois erros. Primeiro porque a animação é uma técnica, e não um gênero. Você pode ter um drama de animação, uma comédia de animação, enfim. E segundo porque já faz muito tempo que desenhos de temática adulta são produzidos em vários cantos do mundo. Principalmente no Japão. O planeta Terra não é uma imensa Disneylândia.

    Na difícil tentativa de quebrar este preconceito, chega aos cinema brasileiros a animação japonesa Cowboy Bebop, longa-metragem baseado numa série de desenhos que também podem ser vistos na TV paga aqui do Brasil. Tudo se passa em 2071, em Marte, às vésperas do Halloween. Um violento ataque terrorista acontece numa movimentada auto-estrada (sim, há vida inteligente e desenvolvida em Marte nesta época), ferindo mais de 500 pessoas. O governo oferece uma milionária recompensa pela captura do criminoso, o que chama a atenção dos quatro integrantes da tripulação da nave Bebop, caçadores profissionais de recompensas.

    O desenho chama a atenção pelo seu apuro gráfico. Sua concepção visual mistura elementos clássicos da ficção científica com angulações e luzes emprestadas dos antigos filmes policiais americanos dos anos 40. A trilha também é eclética, mesclando referências de várias épocas e criando uma bem-vinda colcha de retalhos de estilos variados. O resultado é visualmente atrativo, longe daquilo que o nosso inconsciente desconfiado resolveu rotular de "desenho animado japonês". Cowboy Bebop tem aventura, ação e humor bem dosados. Se o público resolver assisti-lo, será um grande passo para a quebra dos preconceitos e para a abertura de todo um novo mercado no Brasil. Viva a diversidade!

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus