DE PROFUNDIS

DE PROFUNDIS

(De Profundis)

2007 , 80 MIN.

Gênero: Animação

Estréia: 13/11/2009

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Miguelanxo Prado

    Equipe técnica

    Roteiro: Miguelanxo Prado

    Produção: Pancho Casal

    Trilha Sonora: Nani García

    Estúdio: Continental Producciones, Desembarco Produccións, Zeppelin Filmes

    Distribuidora: Europa Filmes

  • Crítica

    10/11/2009 17h17

    Cada vez mais, os produtores de desenhos animados em longa-metragem sabem que é preciso também agradar ao público adulto. Afinal, criança não vai sozinha ao cinema e é sempre bom que os pais, tios ou avós acompanhantes dos pequenos também se divirtam com o que se passa na tela. Quanto mais pessoas gostarem do filme - independente da idade -, maior será o faturamento dos estúdios.

    E outra: principalmente por causa das décadas e décadas do reinado Disney, convencionou-se acreditar que desenho animado é, necessariamente, diversão infantil. Grande engano! Animação não é um gênero, mas sim é uma técnica, e com ela podem ser feitas comédias, dramas, romances... E até filmes infantis.

    Mas, como ainda se passarão outras décadas e décadas até que o público em geral perceba que desenho animado não é feito apenas para crianças, vale ressaltar a dica de uma belíssima animação que tem tudo para encantar crianças, pré-adolescentes, jovens e - claro - seus acompanhantes adultos também. Trata-se da co-produção hispano-lusitana De Profundis. Hispano-lusitana? Como assim? Espanhois e portugueses fazendo desenho animado de longa-metragem? Sim, e de altíssima qualidade!

    Com muita magia e um inebriante clima onírico, De Profundis narra a saga de um pescador cujo barco afunda no oceano, matando toda a tripulação. Menos o nosso herói, que é salvo por uma sereia e passa a explorar o universo submarino ao lado dela. Durante a jornada, o roteiro do galego Miguelanxo Prado (também diretor do filme) leva o espectador a um verdadeiro sonho submarino, repleto de metáforas, viagens surreais e interpretações em aberto que certamente renderão ótimas discussões pós-filme. Para pequenos e grandes.

    Sem nenhum diálogo, recheado de poesia, e com uma trilha sonora que ajuda a embalar a fantasia proposta pelo roteiro, De Profundis também passa longe da parafernália tecnológica das produções atuais: sua realização demandou dez mil desenhos pintados a mão, e posteriormente animados através de técnicas tradicionais.

    Indicado ao Prêmio Goya (o Oscar Espanhol) de Melhor Animação, De Profundis propõe um viagem poética e diferenciada para corações de todas as idades. E prova que nem só de Disney e Pixar vivem os grandes desenhos animados em longa-metragem.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus