DIGA QUE NÃO É VERDADE

DIGA QUE NÃO É VERDADE

(Say It Isn't So)

2001 ,

12 anos

Gênero: Comédia

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • J. B. Rogers

    Equipe técnica

    Roteiro: Gerry Swallow, Peter Gaulke

    Produção: Bobby Farrelly, Bradley Thomas, Peter Farrelly

    Fotografia: Mark Irwin

    Trilha Sonora: Mason Daring

    Elenco

    Chris Klein, Eddie Cibrian, Heather Graham, Jack Plotnick, John Rothman, Orlando Jones, Richard Jenkins, Sally Field

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Socorro! Os infames irmãos Peter e Bobby Farrely agora também são produtores de cinema. Depois de escrever e dirigir enormes bobagens de sucesso como Débi & Lóide e Quem Vai Ficar com Mary?, a dupla também passou a produzir as bobagens dos outros. Caso, por exemplo, da comédia Diga Que Não é Verdade, que estréia neste fim de semana nos cinemas do Brasil.

    A fragilíssima linha de roteiro tenta contar a trajetória de Gitty (Chris Klein), rapaz que trabalha num abrigo de animais e – por causa de uma série de mal entendidos - acaba rompendo o namoro com a garota que amava. Arrependido, ele quer reatar o romance, mas descobre que seu ex-amor está prestes a se casar. Desesperado, Gitty agora vai ter de atravessar metade dos Estados Unidos para tentar reconquistar sua paixão. Pelo caminho, ele vai se meter naquelas típicas confusões e enrascadas que só conseguem arrancar gargalhadas do pouquíssimo exigente público norte-americano adolescente.

    História fraquinha, elenco idem e uma direção assinada por James B. Rogers que até se esforça para obter um ou outro bom momento da frágil trama. Missão quase impossível quando o roteiro não ajuda.

    2 de maio de 2001
    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rede Bandeirantes de Televisão, Canal 21, Band News e Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. [email protected]

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus