ELA DANÇA, EU DANÇO

ELA DANÇA, EU DANÇO

(Step Up)

2006 , 106 MIN.

12 anos

Gênero: Drama

Estréia: 08/12/2006

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Anne Fletcher

    Equipe técnica

    Roteiro: Duane Adler, Melissa Rosenberg

    Produção: Adam Shankman, Erik Feig, Jennifer Gibgot, Patrick Wachsberger

    Fotografia: Michael Seresin

    Trilha Sonora: Aaron Zigman

    Elenco

    Carolyn Barrett, Channing Tatum, Damaine Radcliff, De'Shawn Washington, Deirdre Lovejoy, DeLon Howell, Heavy D, Jeannie Ortega, Jenna Dewan, Josh Henderson, Rachel Griffiths, Tim Lacatena

  • Crítica

    08/12/2006 00h00

    Primeiramente, tente não pensar no infeliz título baseado naquele hit do funk carioca tocado exaustivamente em rádios, festas e supermercados brasileiros. Não há nada de funk em Ela Dança, Eu Danço. Protagonizado por atores jovens e relativamente desconhecidos, o filme mistura elementos de musicais como o clássico Fama (1980) - referência já evidente na abertura do filme - e o mais recente No Balanço do Amor (2001) para contar uma história de amor que gira em torno da paixão dos personagens em torno da música e da dança.

    Tyler (Channing Tatum, de Ela é o Cara) é um jovem da periferia que adora sair com seus amigos para dançar hip hop. Numa dessas "farras", ele acaba cometendo atos de vandalismo numa escola de artes e é condenado a prestar 200 horas de serviço no local. Trabalhando lá como faxineiro, ele toma contato com esses jovens aspirantes a artistas e conhece Nora (Jenna Dewan, de O Grito 2), uma jovem que sonha com a carreira de bailarina. Com uma mãe que não entende muito bem suas aspirações artísticas, ela passa boa parte do seu dia se dedicando ao treino para uma apresentação final na escola que pode garantir não somente a conclusão do curso, mas um possível futuro na dança profissional. Quando seu companheiro se machuca, Nora resolve chamar Tyler para ser seu parceiro.

    Ela Dança, Eu Danço é um previsível e certinho. Dirigido pela coreógrafa Anne Fletcher em sua estréia como diretora, o filme não apresenta nada de novo no gênero de filmes sobre dança. Mas, para quem gosta desse tipo de produção, chega a agradar, especialmente o público mais jovem. O argumento da produção trabalha em cima de uma história de amor entre um garoto pobre e uma menina rica. Ao mesmo tempo, as coreografias de Ela Dança, Eu Danço mistura passos do balé clássico ao moderno hip hop, criando um interessante panorama nesse sentido. A trilha sonora traz composições que misturam hip hop e acordes de instrumentos clássicos, como violino e piano. Existe algo de interessante no filme capaz de agradar aos que apreciam dança, mas, aos que não dão a mínima para produções do gênero, a previsibilidade do roteiro só faz com que ele seja nada interessante.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus