GOSTOSA LOUCURA

GOSTOSA LOUCURA

(Crazy/Beautiful)

2001 , 99 MIN.

14 anos

Gênero: Romance

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • John Stockwell

    Equipe técnica

    Roteiro: Matt Manfredi, Phil Hay

    Produção: Harry Ufland, Mary Jane Ufland, Rachel Pfeffer

    Fotografia: Shane Hurlbut

    Trilha Sonora: Paul Haslinger

    Estúdio: Touchstone Pictures

    Elenco

    Bruce Davison, Herman Osorio, Jay Hernandez, Kirsten Dunst, Lucinda Jenney, Rolando Molina, Taryn Manning

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Não se deixe enganar pelo título: Gostosa Loucura é um filme que não tem nada de gostoso, nem de louco. Trata-se apenas de um melodrama aborrecido e arrastado sobre uma garota rebelde e seu namorado caretão.

    Nicole (Kirten Dunst, de Entrevista com o Vampiro e As Virgens Suicidas) é uma garota rica, branca, que só vai ao colégio para fumar e beber com os amigos. Ela se apaixona por Carlos (Jay Hernandez), rapaz latino, pobre e estudioso, que quer entrar para Mariners (fuzileiros navais) dos EUA. E ponto final. O resto é uma sucessão interminável de clichês sobre “o amor tudo pode”, “a riqueza não traz a felicidade” e outras preciosidades. Tudo sublinhado pela mensagem politicamente correta da união racial.

    Completamente sem ritmo, o filme escrito pela dupla de estreantes Phil Hay e Matt Manfredi parece ter muito mais que seus 95 minutos de projeção. Um dispensável novelão.

    25 de setembro de 2001
    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. [email protected]

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus