HARRY CHEGOU PARA AJUDAR

HARRY CHEGOU PARA AJUDAR

(Harry, Un Ami qui Vous Veut du Bien)

2000 , 117 MIN.

14 anos

Gênero: Comédia

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Dominik Moll

    Equipe técnica

    Roteiro: Dominik Moll, Gilles Marchand

    Produção: Michel Saint-Jean

    Fotografia: Matthieu Poirot-Delpech

    Trilha Sonora: David Sinclair Whitaker

    Estúdio: Diaphana Films

    Elenco

    Dominique Rozan, Laurent Lucas, Liliane Rovère, Mathilde Seigner, Michel Fau, Sergi López, Sophie Guillemin

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Rodeado por três terríveis filhas pequenas, o casal formado por Michel (Laurent Lucas) e Claire (Mathilde Seigner) passa pelas mais conturbadas férias de suas vidas. O calor é insuportável e o estresse é total. Para piorar as coisas, a fazenda que eles tentam reformar há cinco anos é uma inesgotável fonte de problemas.
    No auge da paranóia, surge, praticamente do nada, a figura enigmática de Harry (Sergi Lopez), um velho conhecido de Michel, cheio de boas intenções, que faz tudo para ajudar o casal. Uma ajuda, porém, que nem sempre traz bons resultados.

    Este é o início de Harry Chegou Para Ajudar, comédia dramática francesa indicada para nove prêmios César e vencedora de quatro: som, edição, ator para Sergi Lopez e direção para o alemão Dominick Moll.

    O filme levou quase dois milhões de pessoas às bilheterias francesas e faturou perto de US$ 4 milhões nos Estados Unidos -um feito grandioso, naquele país, para um filme legendado. Tanto que a Miramax já comprou os direitos da história e pretende refilmá-la agora com Wes Craven na direção.

    15 de agosto de 2001
    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rede Bandeirantes de Televisão, Canal 21, Band News e Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. [email protected]

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus