HORA DO RECREIO

HORA DO RECREIO

(Recess: School's Out)

2001 , 84 MIN.

anos

Gênero: Animação

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Chuck Sheetz

    Equipe técnica

    Roteiro: Joe Ansolabehere, Jonathan Greenberg, Paul Germain

    Produção: Chuck Sheetz, Joe Ansolabehere, Jonathan Greenberg, Paul Germain, Stephen Swofford

    Trilha Sonora: Denis M. Hannigan

    Estúdio: Walt Disney

    Elenco

    Andrew Lawrence, Ashley Johnson, Courtland Mead, James Woods, Jason Davis, Pamela Segall, Rickey D'Shon Collins

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Finalmente chegam as tão esperadas férias de verão. O garoto T.J. Detweiler está ansioso para aproveitar o tempo e brincar com os seus colegas de rua. Até o momento em que ele descobre que todos os seus melhores amigos estão indo para colônias de férias e ele terá de passar o verão sozinho. O que T.J. não sabe, porém, é que o seu tédio não vai durar muito tempo: certo dia, ele vê uma estranha luz verde saindo do prédio da escola, que deveria estar fechado e vazio para as férias. Descobre que um cientista maluco se apoderou do lugar para realizar suas terríveis experiências. É hora de T.J. chamar de volta toda a turma para salvar a escola e, quem sabe, o mundo inteiro.

    Produzido pelo departamento de televisão da Walt Disney, Hora do Recreio leva para o cinema os personagens do seriado de TV de mesmo nome, exibido no Brasil pelo SBT. Criado por Paul Germain e Joe Ansolabehere, Hora do Recreio estreou na rede norte-americana ABC em 1997 e conseguiu arregimentar uma considerável legião de fãs na tela pequena. Na tela grande, porém, o filme deixa muito a desejar. Os traços têm um sabor antiquado dos antigos quadrinhos de Bolinha e Luluzinha e a animação - dura - não traz maiores atrativos para uma geração acostumada a técnicas muito mais aperfeiçoadas. Falta humor ao roteiro e a trilha sonora, repleta de referências dos anos 60 e 70, também não ajuda muito a conquistar o pré-adolescente do século 21.

    A Hora do Recreio não é um desenho que mereça a chancela de qualidade da Disney. Totalmente animado em estúdios coreanos, o filme cairia melhor numa sessão de TV.

    10 de outubro de 2001

    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. [email protected]

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus