JOGO DE CENA

JOGO DE CENA

(Jogo de Cena)

2007 , 104 MIN.

anos

Gênero: Documentário

Estréia: 09/11/2007

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Eduardo Coutinho

    Equipe técnica

    Roteiro: Eduardo Coutinho

    Produção: Bia Almeida, Raquel Freire Zangrandi

    Fotografia: Jacques Cheuiche

    Estúdio: Matizar Filmes

  • Crítica

    09/11/2007 00h00

    Como sempre investigando com extrema sensibilidade as histórias de seus personagens, o documentarista Eduardo Coutinho (O Fim e o Princípio) faz em Jogo de Cena um trabalho aparentemente simples, mas muito tocante, como é seu cinema em geral. Após selecionar um grupo de mulheres que em comum tinham a vontade de contar alguma história marcante em suas vidas para a equipe do cineasta, Coutinho recrutou um grupo de atrizes para interpretar a história dessas personagens, incluindo Marília Pêra, Fernanda Torres e Andréa Beltrão (as únicas atrizes conhecidas no elenco).

    Jogo de Cena mistura as imagens das atrizes interpretando - dando depoimentos às câmeras como as personagens originais - e as entrevistas reais, criando mesmo esse jogo que o título sugere. O documentário evidencia essa capacidade de Coutinho de selecionar personagens fascinantes e de fazê-los se sentir à vontade a ponto de chorar e rir às suas câmeras. O diretor expõe os sentimentos das entrevistas de uma forma nada apelativa, não somente das personagens que contam suas tragédias, mas também das atrizes. Fernanda, Andréa e Marília contam como se sentiram durante a interpretação e todas se mostram bastante emocionadas.

    Ao mesmo tempo em que investiga com curiosidade a capacidade das atrizes na composição de personagens, Jogo de Cena também toca na questão da separação entre dramaturgia e o documentário em sua mais funda essência, ou seja, o retrato da realidade.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus