JOGOS MORTAIS V

JOGOS MORTAIS V

(Saw V)

2008 , 90 MIN.

18 anos

Gênero: Terror

Estréia: 31/10/2008

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • David Hackl

    Equipe técnica

    Roteiro: Marcus Dunstan, Patrick Melton

    Produção: Gregg Hoffman, Mark Burg, Oren Koules

    Fotografia: David A. Armstrong

    Trilha Sonora: Charlie Clouser

    Estúdio: Twisted Pictures

    Elenco

    Al Sapienza, Angus Macfadyen, Athena Karkanis, Bahar Soomekh, Betsy Russell, Bill Vibert, Brandon McGibbon, Carlo Rota, Catherine Rix, Cory Lee, Costas Mandylor, Dana Sorman, Danny Glover, David Gale, Donnie Wahlberg, Greg Bryk, Jeff Pustil, Jennifer Donison (voz), Joris Jarsky, Julie Benz, Laura Gordon, Lisa Berry, Lorraine Foreman, Louis Ferreira, Lyriq Bent, Mark Rolston, Meagan Good, Michael A. Miranda, Mike Butters, Mike Realba, Natalie Brown, Niamh Wilson, Quancetia Hamilton, Samantha Lemole, Sarah Power, Scott Patterson, Shawnee Smith, Sheila Shah, Stephen Sparks (voz), Tim Burd, Tobin Bell, Tony Nappo

  • Crítica

    31/10/2008 00h00

    Todo mundo já deve ter passado por aquela situação constrangedora, numa festa, por exemplo, onde a graça já acabou, mas o sujeito continua contando a piada. É a mesma sensação que se tem ao ver Jogos Mortais V: não havia mais nada a ser dito, mas mesmo assim alguém fez mais um filme.

    Neste quinto e desnecessário episódio, vemos que os agentes Strahn (Scott Patterson) e Hoffman (Costas Mandylor) são os únicos sobreviventes do massacre promovido pelo maníaco Jigsaw (Tobin Bell, cada vez mais parecido com Hector Babenco), no final do episódio anterior. Porém, Strahn não se conforma com o fato de Hoffman ter sobrevivido à matança sem ferimentos e começa a investigar. Assim, o que era uma série de terror muito bem imaginada, desenvolvida e produzida em seus dois primeiros filmes, acaba se transformando em mais um (quem agüenta?) filminho de policial investigando policial.

    Sim, os sádicos jogos de matança (que Jigsaw prefere chamar de "redenção") continuam, sanguinolentos e assustadores como sempre, mas perdeu-se completamente o envolvente clima de horror presente nos primeiros episódios. Todos os atores - sem exceção - estão especialmente careteiros e exagerados, dignos de uma novela colombiana (as mexicanas são melhorzinhas) e a trilha sonora - incessante do início ao fim - parece um CDzinho de sons assustadores que eu comprei na 25 de Março para a festa de Halloween dos coleguinhas da escolinha dos meus filhos.

    Um verdadeiro caça-níqueis dirigido por David Hackl - que havia sido diretor de segunda unidade e desenhista de produção de episódios anteriores da franquia - faz aqui sua estréia efetiva na direção de um longa. Aliás, no quesito "caça-níqueis", David até que se deu bem: Jogos Mortais V faturou US$ 30 milhões logo no seu primeiro final de semana de exibição nos EUA. É muito níquel pra pouco filme.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus