JUMPER

JUMPER

(Jumper)

2008 , 90 MIN.

12 anos

Gênero: Ação

Estréia: 28/03/2008

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Doug Liman

    Equipe técnica

    Roteiro: David S. Goyer, Jim Uhls, Simon Kinberg, Steven Gould

    Produção: Jay Sanders, Lucas Foster, Simon Kinberg, Stacy Maes

    Fotografia: Barry Peterson

    Trilha Sonora: John Powell

    Estúdio: New Regency Pictures

    Elenco

    Diane Lane, Hayden Christensen, Jamie Bell, Kristen Stewart, Michael Rooker, Rachel Bilson, Samuel L. Jackson, Tom Hulce

  • Crítica

    28/03/2008 00h00

    Basicamente, a idéia não é de toda ruim. É mais ou menos como se um mutante da escolinha do Professor Xavier, de X-Men, tivesse escapado para viver um filme só seu.

    Jumper imagina o personagem David, adolescente tímido, sempre hostilizado pelos colegas (o famoso bullying), que de repente percebe que tem um poder pra lá de especial: ele simplesmente consegue se teletransportar, no melhor estilo Star Trek, mas com a vantagem de não precisar de nenhum equipamento especial para isso. Basta ele se concentrar num lugar qualquer, e pimba!, lá foi o David. A única exigência é que ele pelo menos já tenha visto o lugar para onde deseja ir, nem que seja por meio de fotografia.

    Nada mau. Quem já não imaginou se teletransportar para qualquer canto, a qualquer momento, sem custo? Porém, a partir desta interessante idéia básica tirada do livro de Steven Gould, foi desenvolvido apenas mais um filme norte-americano de ação e correria, igual a tantos outros que todos nós já vimos, reduzindo tudo à velha fórmula maniqueísta do caçador contra o caçado, do bem contra o mal. Com muita pancadaria, como sempre.

    Todas as nuances que o filme poderia propor, tais como o enriquecimento fácil, a perspectiva de um mundo sem limites geográficos, a relativização dos limites do tempo, o poder nas mãos de uma nova geração, etc, foi reduzido a apenas mais um filminho de ação, tendo como objetivo único e exclusivo somente o resultado de bilheteria.

    Mesmo com resultados financeiros não muito animadores (o faturamento nos cinemas norte-americanos não cobriu os custos de produção), os produtores ainda apostam nas bilheterias mundiais e no lançamento em DVD. Tanto que o diretor Doug Liman (o mesmo de A Identidade Bourne) já anunciou o lançamento de Jumper 2, para 2011. Ainda não foi divulgado se o elenco será o mesmo do primeiro, encabeçado por Hayden Christensen (Star Wars: Episódio 2 - Ataque dos Clones e Star Wars: Episódio 3 - A Vingança dos Sith), Jamie Bell (o ótimo Billy Elliot), Rachel Bilson (Do seriado The O.C. - Um Estranho no Paraíso) e Samuel L. Jackson, que, depois de Serpentes a Bordo, se diverte com qualquer coisa.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus