Críticas

Veja o que esperar das novidades nas telonas e estreias com os comentários da nossa equipe especializada.

LION - UMA JORNADA PARA CASA

(Lion, 2016)

Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela ativa Estrela inativa Estrela inativa Estrela inativa Estrela inativa
13/02/2017 16h23
por Daniel Reininger

Lion - Uma Jornada Para Casa tem um início poderoso, apesar de longo, ao mostrar o pequeno Saroo perdido na imensidão da Índia até ser adotado por uma família australiana. Na segunda parte, o protagonista já adulto e vivido por Dev Patel tenta achar seu lar perdido no que parece mais um comercial estendido da ferramenta Google Earth, muito utilizada na trama.

Embora seja uma história baseada em fatos e no livro A Longa Estrada Para Casa, do próprio Saroo, a trama perde força pelo dramalhão da vida adulta do protagonista, sempre com atitudes extremas e, muitas vezes, sem explicação devido à depressão por não saber o paradeiro da família. Essa parte não é de todo ruim, porém não chega perto do impacto da primeira metade da obra.

Sunny Pawar faz um trabalho excepcional como Saroo aos cinco anos de idade. Na trama, o menino faz o que pode para ajudar a família, especialmente seu irmão mais velho, Guddu, em trabalhos diversos. As coisas se complicam num trabalho noturno, quando os dois se separam e Saroo acaba dentro de um trem para Calcutá, a 1600km de sua casa. Perdido e sem saber dizer onde mora com exatidão, o garotinho acaba vivendo nas ruas por anos sem saber falar a língua local. A cada nova tragédia vivida pelo protagonista, nosso coração fica mais apertado.

O trabalho de câmera nessa primeira parte também é importantíssimo, afinal, quando o longa mostra esse novo mundo da perspectiva do menino, tudo parece ainda mais confuso e a situação desesperada se intensifica. A fotografia sempre procura aprofundar o drama e reforçar a confusão do garoto mesmo em cenas com poucos diálogos.

A segunda parte, já com o garoto na Austrália, perde também esse elemento. O longa deixa de ser uma obra com visual dramático, não desenvolve tão bem os personagens e o protagonista não vai além de um homem obcecado pelo passado. Sua depressão acaba parecendo exagerada pela forma como é mostrada e toda a busca é longa demais apesar de previsível. Além disso, o encontro com a família não chega a ter a carga emocional esperada e o mesmo acontece quando o homem revê os locais de sua infância.

Nada disso chega a ser culpa de Dev Patel, competente no papel de Saroo adulto. Ele se entrega às emoções e realmente se esforça para convencer e superar os problemas de direção e narrativa. Além disso, Nicole Kidman tem uma ótima atuação como mãe adotiva que enfrenta problemas não só com o protagonista, mas também com o seu irmão adotivo, traumatizado por abusos na infância e viciado em drogas.

Lion - Uma Jornada Para Casa apresenta uma história poderosa, mas é a sua primeira metade que realmente merece toda a atenção dada ao filme. Apesar dos problemas, sua história universal possui elementos suficientes para emocionar e fica difícil sair do cinema sem imaginar outros casos parecidos por aí, a maioria sem finais felizes.

CRÍTICAS RELACIONADAS

QUEM QUER SER UM MILIONÁRIO?
CIDADE DE DEUS
AS AVENTURAS DE PI
OS ESQUECIDOS (2004)

Daniel Reininger

Daniel Reininger

Editor-Chefe

Fã de cultura pop, gamer e crítico de cinema, é o Editor-Chefe do Cineclick.

FAVORITAR

crítica NÃO FAVORITADA

COMPARTILHE:

COMENTAR

comments powered by Disqus