poster do filme MAMMA MIA: LÁ VAMOS NÓS DE NOVO!

MAMMA MIA: LÁ VAMOS NÓS DE NOVO!

(Mamma Mia: here we go again!)

2018 , 114 MIN.

10 anos

Gênero: Musical

Estréia: 02/08/2018

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Ol Parker

    Equipe técnica

    Roteiro: Catherine Johnson, Ol Parker, Richard Curtis

    Produção: Gary Goetzman, Judy Craymer, Richard Whelan

    Fotografia: Robert D. Yeoman

    Trilha Sonora: Anne Dudley

    Estúdio: Legendary Entertainment, Universal

    Montador: Peter Lambert

    Distribuidora: Universal

    Elenco

    Alexa Davies, Alexandra Ford, Amanda Seyfried, Amelia O'Loughlin, Andy Garcia, Cher, Christine Baranski, Colin Firth, Dale Branston, Dominic Cooper, Gino Picciano, Hugh Skinner, Jeremy Irvine, Jessica Keenan Wynn, Josh Dylan, Julie Walters, Lily James, Meryl Streep, Naoko Mori, Omid Djalili, Panos Mouzourakis, Pierce Brosnan, Stellan Skarsgård, Togo Igawa

  • Crítica

    01/08/2018 16h11

    Por Thamires Viana

    Após dez anos de hiato, a inesperada sequência Mamma Mia: Lá Vamos Nós De Novo! chega aos cinemas com a difícil missão de não desapontar os fãs do amado musical lançado em 2008. E consegue! Ainda me arrisco a dizer que supera seu antecessor, ousando na nostalgia sem apelar para o drama que arranca lágrimas fáceis do espectador.

    O filme inspirado mais uma vez nas canções do grupo sueco ABBA se passa em duas linhas temporais e traz Sophie, personagem de Amanda Seyfried, sofrendo após um ano da morte de Donna, papel eternizado pela atriz Meryl Streep. Para homenagear a mãe, ela decide reinaugurar o hotel Villa Donna com a ajuda de Sam (Pierce Brosnan), um de seus pais. Apesar do sucesso no projeto, Sophie está com problemas em seu relacionamento com Sky (Dominic Cooper).

    Antes de qualquer coisa é fundamental dizer que não trazer Streep para o elenco do segundo filme está longe de ser um erro. Apesar de sua ausência física, entendemos que a morte é um elemento importante para o desenrolar da trama. Donna está presente em cada detalhe, seja ele uma menção ou uma foto. Com a alegria sendo a alma do musical, não dá tempo de sofrer pelo ocorrido e nem mesmo de se perguntar porque aquilo aconteceu. Aceitamos e seguimos satisfeitos com sua versão dos anos 70 vivida maravilhosamente por Lily James.

    A jovem atriz conhecida pelo live-action Cinderela tinha em suas mãos a grande responsabilidade de trazer para a jovem Donna o mesmo carisma que a veterana deixou na personagem anos atrás. Ela faz isso de forma impecável e autêntica, mostrando que consegue cativar e encantar sem deixar-se ir para uma atuação caricata. Sem contar que nos primeiros minutos do filme sua interpretação da música I Wonder já nos deixa empolgados com o que virá a seguir.

    Comandado pelo diretor e roteirista Ol Parker, o filme é ainda mais divertido do que o anterior. O texto é certeiro ao focar na vida da jovem Donna, recém saída da faculdade, cheia de planos e seguindo seu espírito aventureiro e desbravador pelo mundo. Embarcamos nessa viagem de descoberta junto com a personagem e sabemos o que a levou até à Grécia, além de entender melhor como ela conheceu os três possíveis pais de Sophie, Sam (Brosnan), Harry (Colin Firth) e Bill (Stellan Skarsgård) que na versão jovem são vividos pelos atores Jeremy Irvine, Hugh Skinner e Josh Dylan, respectivamente.

    Alguns dos momentos mais divertidos do longa incluem as Donna and the Dynamos, grupo formado por Donna e suas amigas Tanya (Christine Baranski) e Rosie (Julie Walters) que traz uma graça especial para o filme, tanto na versão atual, quanto na versão jovem onde são interpretadas por Alexa Davies (Rosie) e Jessica Keenan Wynn (Tanya). A interpretação da canção Mamma Mia é de tirar o fôlego!

    A entrada de Cher como mãe de Donna merece uma atenção especial. Citada como uma "megera", sua curta participação vivendo Ruby dá um sentido maior ao personagem de Andy Garcia, quando o envolvimento dos dois embala a canção Fernando de uma maneira única! Além disso, a dedicação da avó com Sophie, agora grávida de seu primeiro filho, a absolve por não ter prestado o mesmo apoio com Donna.

    Apesar de exemplar, o longa apresenta alguns furos normais para filmes com linhas temporais distintas, pulando bruscamente de um período para o outro. Mesmo não sendo uma falha grave, isso pode deixar o espectador um pouco perdido na trama. 

    Mamma Mia: Lá Vamos Nós De Novo! é um passeio delicioso por lindos cenários, embalado por canções inesquecíveis e personagens marcantes. É uma sequência certeira que merece ser vivenciada pelos fãs do gênero e também por aqueles que curtem uma história leve e divertida.

  • SQL Error: Array ( [0] => 42000 [1] => 1064 [2] => You have an error in your SQL syntax; check the manual that corresponds to your MySQL server version for the right syntax to use near 'ORDER BY t.publicado_em' at line 17 )
    SQL STM: SELECT t.id, t.slug, t.titulo, t.descricao, t.publicado_em, t.id_thumb, t.url, thumb.imagem AS imagem_thumb, thumb.id_tamanho AS id_imagem_thumb, t.publicado_em FROM cin_web_cinemateca cin INNER JOIN cin_web_cinemateca_trailers_rel rel ON rel.id_cin = cin.id_cin INNER JOIN cin_web_trailers t ON t.id = rel.id_trailer LEFT JOIN cin_web_imagem_tamanhos thumb ON t.id_thumb = thumb.id_imagem_tamanho WHERE cin.id_cin = ORDER BY t.publicado_em


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus