MAX PAYNE

MAX PAYNE

(Max Payne)

2008 , 100 MIN.

16 anos

Gênero: Ação

Estréia: 20/11/2008

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • John Moore

    Equipe técnica

    Roteiro: Beau Thorne, Sam Lake, Shawn Ryan

    Produção: Julie Yorn, Scott Faye

    Fotografia: Jonathan Sela

    Trilha Sonora: Marco Beltrami

    Estúdio: Dune Entertainment

    Elenco

    Beau Bridges, Chris O'Donnell, Donal Logue, Ludacris, Mark Wahlberg, Mila Kunis, Nelly Furtado

  • Crítica

    20/11/2008 00h00

    Max Payne é versão cinematográfica de videogame homônimo, criado em 2001. Protagonizada por Mark Wahlberg (Fim dos Tempos) e dirigida pelo irlandês John Moore (A Profecia), trata-se de uma ação que não traz absolutamente nada de novo: o clássico anti-herói truculento que, traumatizado - no caso, pelo assassinato de sua família -, busca por vingança sem medir conseqüências.

    No caso, o anti-herói é o policial Max Payne do título, que, depois de ter a mulher e filha assassinadas misteriosamente, acabou psicologicamente descontrolado. Desta forma, de detetive passou a controlar os arquivos que fazem parte dos casos sem solução da polícia - como o do crime que o traumatizou. Mesmo assim, ele reluta em continuar buscando os culpados pelo assassinato, esbarrando em interesses corporativos e viciados em drogas no underground de Nova York.

    O visual sombrio, sempre gelado e de tempo nebuloso, faz com que os sentimentos do protagonista sejam sempre relacionados aos ambientes nos quais ele transita. Aliás, trata-se de uma característica trazida do videogame que origina esta ação com altos toques de suspense. Esta relação entre o personagem e a neve que cai sem parar chega a ser interessante, assim como os ângulos estilosos escolhidos por Moore, mas não fazem com que Max Payne seja mais suportável.

    Os tiros incessantes, as situações completamente previsíveis - a começar pelo argumento do roteiro - e a própria previsibilidade na construção do personagem principal enfraquecem qualquer tipo de força que Max Payne poderia ter. O filme possui alguns rápidos momentos de criatividade, que acabam perdidos em meio ao mau desenvolvimento da trama.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus