MEU MELHOR AMIGO (2006)

MEU MELHOR AMIGO (2006)

(Mon Meilleur Ami)

2006 , 96 MIN.

anos

Gênero: Comédia

Estréia: 02/11/2007

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Patrice Leconte

    Equipe técnica

    Roteiro: Jérôme Tonnerre, Patrice Leconte

    Produção: Marc Missonnier, Olivier Delbosc

    Fotografia: Jean-Marie Dreujou

    Trilha Sonora: Xavier Dermeliac

    Estúdio: Fidélité Productions

    Elenco

    Daniel Auteuil, Dany Boon, Henri Garcin, Jacques Mathou, Julie Durand, Julie Gayet

  • Crítica

    02/11/2007 00h00

    Responda rápido: quem é o seu melhor amigo? Aquela pessoa que você pode ligar, sem medo, às três da manhã, pra chorar no ombro? Na atribulada vida urbana moderna, na qual o trabalho toma todo o tempo antes dedicado às relações sociais, talvez esta pergunta seja difícil de responder. E foi a partir desta simples (porém inquietante) questão, que o premiado diretor Patrice Leconte dirigiu a comédia ligeira Meu Melhor Amigo, escolhido como o Melhor Filme da Comunidade Européia segundo o David di Donatello (o "Oscar" italiano).

    Daniel Auteuil (Caché) interpreta François, um marchand divorciado e totalmente dedicado a si mesmo e ao seu trabalho. Ele sequer sabe das preferências sexuais de sua própria sócia, Catherine (Julie Gayet), com quem convive diariamente. Indignada, a moça não perdoa tanta indiferença e lança um desafio ao sócio: que ele apresente a todos o seu "melhor amigo". Porém, François não tem sequer "um" amigo, quanto mais um "melhor". Então, ele sai desesperadamente à caça de um amigo, sem saber exatamente como conquistar algo que não pode ser comprado na prateleira de um supermercado ou arrebatado num leilão de artes.

    O filme conquista o público pela sua simplicidade e despretensão. Com linguagem direta e narrativa ágil, toca na ferida das atuais relações humanas, sem cair no sentimentalismo fácil. E ainda destila boas doses de bom humor, calcadas exatamente no famoso mau humor francês.

    Meu Melhor Amigo levou mais de um milhão de franceses aos cinemas locais e arrecadou US$ 1,5 milhão nos EUA, número bastante razoável para um país que abomina filmes estrangeiros. Tem tudo para ser "refilmado" por Hollywood com, digamos, Will Smith no papel principal. Quem sabe?

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus