NOIVAS

NOIVAS

(Brides/ Nyfes)

2004 , 128 MIN.

Gênero: Drama

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Pantelis Voulgaris

    Equipe técnica

    Roteiro: Ioanna Karystiani

    Produção: Barbara De Fina, Pantelis Voulgaris, Terry Dougas

    Fotografia: Yorgos Arvanitis

    Trilha Sonora: Stamatis Spanoudakis

    Estúdio: K.G. Productions

    Elenco

    Andréa Ferréol, Damian Lewis, Dimitri Katalifos, Evelina Papoulia, Evi Saoulidou, Irini Iglesi, Steven Berkoff, Victoria Haralabidou

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    O jornalista Fernando Morgado, meu editor na época em que eu trabalhava na finada Folha da Tarde, uma vez me disse uma frase que eu jamais esqueci: "Existem filmes que são distribuídos e existem filmes que escapam". Definitivamente, Noivas é um filme que acaba de escapar. Produzido em 2004 e exibido para a imprensa paulista uma única vez em agosto de 2006, Noivas estréia de surpresa, num circuito minúsculo e praticamente sem divulgação. E depois os executivos do cinema vão dizer que "o mercado está ruim"...

    Se bem trabalhado, o filme poderia até ter um razoável sucesso comercial, já que se trata de uma obra esteticamente muito bem acabada, com uma bela reconstituição de época e cumpre com dignidade a promessa à qual se propõe: simplesmente contar uma bela história de amor.

    Tudo acontece em 1922, momento em que o transatlântico King Alexander parte da Grécia rumo aos Estados Unidos, levando a bordo nada menos que 700 noivas com casamentos pré-arranjados na América. São jovens gregas, romenas, turcas, armênias e búlgaras que só conhecem seus noivos por fotografias e que têm no casamento a oportunidade de fugir da guerra greco-turca e tentar vida nova no "Novo Mundo".

    É neste cenário que o fotógrafo norte-americano quarentão Norman Harris (o inglês Damian Lewis) se encanta pela jovem costureira Niki (a russa Victoria Haralabidou). Tanto Norman quanto Niki estão contrariados. Ele por que suas fotos de guerra foram rejeitadas pelo jornal onde trabalha; ela por que embarcou neste "navio de noivas" para substituir sua irmã mais velha, que rejeitou a idéia do casamento combinado. Ele está na primeira classe. Ela, na terceira. Não é preciso ser nenhum gênio de roteiro cinematográfico para adivinhar o que vem a seguir.

    Com Martin Scorsese assinando como um dos produtores e um pano de fundo baseado em fatos reais (sempre me pergunto se um filme pode ser baseado em "fatos irreais"), Noivas ganhou cinco prêmio do Festival de Tessalônica (Grécia) e participou da mostra competitiva de Moscou. Tem tudo para agradar a um público que prefere narrativas mais clássicas e convencionais. Mas para vê-lo, é bom correr: este filme "escapado" não deve segurar mais do que uma semana em cartaz.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus