O BÚFALO DA NOITE

O BÚFALO DA NOITE

(El Bufalo de la Noche)

2007 , 103 MIN.

16 anos

Gênero: Drama

Estréia: 09/11/2007

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Jorge Hernandez Aldana

    Equipe técnica

    Roteiro: Guillermo Arriaga, Jorge Hernandez Aldana

    Produção: Guillermo Arriaga

    Fotografia: Héctor Ortega

    Trilha Sonora: Omar Rodriguez-Lopez

    Elenco

    Armando Hernández, Claudia Schmidt, Diego Luna, Emilio Echevarría, Gabriel González, Hugo Albores, Irene Azuela, Liz Gallardo, Walther Cantú

  • Crítica

    09/11/2007 00h00

    Trabalhando no cinema mexicano, o diretor venezuelano Jorge Hernandez Aldana conseguiu dois feitos importantes logo no seu filme de estréia, O Búfalo da Noite: competiu no prestigiado Festival de Sundance e obteve distribuição internacional por meio da Fox. Com merecimento. Ancorado pelo roteiro que ele próprio escreveu, em parceria com o genial Guillermo Arriaga (autor de 21 Gramas e Amores Brutos, entre outros), Aldana demonstra talento e competência narrativa para contar esta densa história de amores e traições.

    Quem conduz toda a trama é Manuel (Diego Luna, de E Sua Mãe Também), um jovem estudante entristecido e atormentado pelo suicídio de seu grande amigo, Gregório, que sofria de esquizofrenia. Aos poucos, outras personagens-chave vão se agregando à história, como a namorada de Manuel e a irmã de Gregório. Lenta e dolorosamente, o espectador vai desenrolando o fio da meada e logo se percebe que a esquizofrenia foi apenas um dos fatores que levaram o perturbado Gregório à morte. Há tramas e subtramas a serem desvendadas, o que confere ao filme não apenas o peso e a densidade necessários à morbidez do tema, como também uma aura de suspense que em seu terço final desemboca no policial.

    Emoldurado pela bela e escura fotografia em tons negros e azulados, O Búfalo da Noite é um trabalho intimista e reflexivo que trabalha com qualidade cinematográfica alguns dos binômios mais paradoxais da própria existência, como amor e morte, sexo e traição, amizade e destruição.

    Experimente.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus