O DESAFIO DE JEAN DE LA FONTAINE

O DESAFIO DE JEAN DE LA FONTAINE

(Jean de La Fontaine - Le Défi)

2006 , 100 MIN.

Gênero: Drama

Estréia: 30/04/2010

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Daniel Vigne

    Equipe técnica

    Roteiro: Jacques Forgeas

    Produção: Fabienne Servan-Schreiber

    Fotografia: Flore Thulliez

    Trilha Sonora: Michel Portal

    Estúdio: Canal+, Cinétévé, France 2 Cinéma

    Distribuidora: CineSesc

    Elenco

    Elodie Navarre, Jean-Claude Dreyfus, Lorànt Deutsch, Nicky Naude, Philippe Torreton, Sara Forestier

  • Crítica

    29/04/2010 19h14

    Com quatro anos de atraso, chega ao Brasil, com lançamento exclusivo no CineSesc, O Desafio de Jean de La Fontaine, de Daniel Vigne, diretor que nos últimos anos tem trabalhado mais na televisão do que no cinema.

    Para nós, brasileiros, o que mais interessa no filme é conhecer uma personalidade pouco comum ao dia a dia cultural ou escolar. Porque, como filme, O Desafio de Jean de La Fontaine é quadrado, simples e comportado.

    Com a ideia de relacionar o espectador à história de Jean, o filme constrói um retrato a partir da luta do personagem contra o rei Luis XIV (Jocelyn Quivrin). Quando seu amigo Fouquet (Nicky Naude) é preso, Jean (Lorànt Deutsch) é o único a resistir à injustiça e usar as palavras como arma.

    Este é o grande ganho do longa e o principal gancho para quem não é francês se relacionar com o longa. Afinal, dominar a palavra e manipulá-la é mortal desde muito. Porém, o roteiro de O Desafio de Jean de La Fontaine usa e abusa da batalha entre Jean e o principal aliado do rei, Colbert (Philippe Torreton).

    No meio do caminho, passa por alguns temas, em especial a liberdade de expressão e o papel da arte, que se coloca acima do poder. Discussões que realmente poderiam se desenrolar mais profundamente, mas essa não é a pretensão de O Desafio de Jean de La Fontaine. O interesse ali é a cinebiografia, função que cumpre. Sem brilhantismo, com as com a dignidade necessária.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus