O EX-NAMORADO DA MINHA MULHER

O EX-NAMORADO DA MINHA MULHER

(Fast Track/ The Ex)

2006 , 90 MIN.

12 anos

Gênero: Comédia Romântica

Estréia: 27/07/2007

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Jesse Peretz

    Equipe técnica

    Roteiro: David Guion, Michael Handelman

    Produção: Bob Weinstein, Harvey Weinstein, Mark Cuban, Ray Angelic, Todd Wagner

    Fotografia: Tom Richmond

    Trilha Sonora: Ed Shearmur

    Estúdio: 2929 Productions, This Is That Productions

    Elenco

    Amanda Peet, Amy Adams, Donal Logue, Fred Armisen, Jack Fitz, Jason Bateman, Josh Charles, Mia Farrow, Peyton Conn, Tim Brennan, Zach Braff

  • Crítica

    27/07/2007 00h00

    Comédia romântica sim, mas sem aqueles clichês típicos do gênero, como um grand finale no aeroporto, onde os passageiros prestes a embarcar aplaudem a cena de reconciliação do casal, ou coisa parecida. Nada disso. O Ex-Namorado da Minha Mulher é uma comédia romântica com cara de cinema independente americano. Não tem Meg Ryan nem Billy Cristal, mas traz os eficientes Zach Braff (do seriado Scrubs) e Amanda Peet (Syriana - A Indústria do Petróleo) vivendo o casal Tom e Sofia.

    Ele é um aspirante a chefe de cozinha que, por lealdade aos colegas, perde seu emprego logo no começo do filme. Ela, uma advogada que troca a vida profissional pelos prazeres da maternidade. O dinheiro é curto e morar em Nova York fica cada vez mais inviável. O jeito é Tom aceitar a proposta do sogro e mudar para o interior, na cidade natal de Sofia, onde ele passa a trabalhar numa estranha agência de propaganda (e não são todas?).

    A partir daí, o roteiro dos estreantes Michael Handelman e David Guion (é no mínimo emblemático um roteirista chamado Guion) passa a satirizar os absurdos vividos no dia-a-dia do mundo corporativo, que engole a individualidade humana em troca de um suposto e ridículo bem-estar coletivo empresarial. Tudo com um afiado senso crítico e um tipo de humor corrosivo dirigido por Jesse Peretz, cujos dois trabalhos anteriores não chegaram a ser exibidos no Brasil. Destaque também para os veteranos Mia Farrow e Charles Grodin (aparentando bem mais que seus 72 anos) nos papéis dos sogros de Tom.

    Simpático entretenimento com conteúdo.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus