O FILHO DA NOIVA

O FILHO DA NOIVA

(El Hijo De La Novia)

2001 , 124 MIN.

Gênero: Comédia

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Juan José Campanella

    Equipe técnica

    Roteiro: Fernando Castets, Juan José Campanella

    Produção: Mariela Besuievski

    Trilha Sonora: Fernando Castets, Juan José Campanella

    Elenco

    Claudia Fontan, Eduardo Blanco, Gimena Nobile, Héctor Alterio, Natalia Verbeke, Norma Aleandro, Ricardo Darín

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Mesmo abalada por uma gigantesca crise econômica, a Argentina continua realizando bons filmes. É o caso do sensível e emocionante O Filho da Noiva, co-produzido com a Tornasol Films, a mesma produtora espanhola que também participou de Plata Quemada e Pantaleão e as Visitadoras.

    Toda a trama de O Filho da Noiva gira em torno do quarentão Rafael (Ricardo Darín, o mesmo de Nove Rainhas), um estressado dono de restaurante que tem vários problemas para administrar: ele negligencia o relacionamento com a filha Vicky (Gimena Nóbile), vive em conflito com a ex-esposa, não tem tempo para os amigos e seu tradicional restaurante está prestes a ser vendido para um grupo multinacional (numa belíssima crítica à globalização, diga-se de passagem). Em meio a este corridíssimo cotidiano, uma notícia docemente inesperada: Nino (Hector Altério), pai de Rafael, quer renovar na igreja os votos de seu duradouro casamento com Norma (Norma Aleandro).

    A partir daí, a narrativa de O Filho da Noiva se desenvolve em várias frentes, alternando drama, comédia e crítica social. E em todas elas o diretor Juan José Campanella demonstra talento e habilidade para emocionar. Algumas críticas precipitadas se apressaram em dizer que O Filho da Noiva foi realizado dentro daquelas famosas fórmulas tradicionais que garantem ao filme pelo menos uma indicação ao Oscar, já que Campanella chegou a trabalhar no cinema e na TV dos EUA. A indicação realmente aconteceu, mas tais críticas são infundadas. Impregnado do mais profundo espírito portenho, O Filho da Noiva é um filme agridoce, em que se perde facilmente o limite entre o riso e o choro. Uma obra feita basicamente de emoção, com um roteiro bem-amarrado e excelentes interpretações de todo o elenco. Principalmente de Hector Altério e Norma Aleandro, a mesma dupla de A História Oficial.

    Imperdível.

    20 de novembro de 2002
    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. [email protected]

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus