O GUARDIÃO

O GUARDIÃO

(El Custodio)

2006 , 95 MIN.

Gênero: Drama

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Rodrigo Moreno

    Equipe técnica

    Roteiro: Rodrigo Moreno

    Produção: Hernán Musaluppi, Luis A. Sartor, Natacha Cervi

    Fotografia: Bárbara Álvarez

    Trilha Sonora: Juan Federico Jusid

    Estúdio: Rizoma Films

    Elenco

    Cristina Villamor, Elvira Onetto, Julio Chávez, Luciana Lifschitz, Marcelo D'Andrea, Osmar Núñez, Osvaldo Djeredjian

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Uma das boas saídas para a viabilização econômica do cinema latino-americano sempre foi a parceria com países europeus mais sólidos. Mais um exemplo concreto do sucesso deste tipo de co-produção é O Guardião, filme "argentino-uruguaio-franco-alemão", concorrente em Berlim e premiado em três categorias no 16º Cine Ceará: Melhor Filme, Direção (Rodrigo Moreno) e Ator (Julio Chávez).

    O Guardião acompanha a angústia de Rubén (o argentino Julio Chávez), o guarda-costas de um Ministro de Estado. Entristecido e excluído, Rubén não tem vida própria: ele existe para servir ao Ministro. Passa seu exasperante cotidiano dentro de carros ou do lado de fora de salas de reuniões, fumando, pensando e se preocupando com a esposa, uma mulher com problemas mentais.

    Com planos bem desenhados e trabalhando primorosamente as relações tempo e silêncio, o filme encanta pelo seu tom reflexivo e excelente interpretação do protagonista. Mais que isso, faz pensar nas atuais relações de trabalho e no ritmo intenso que se vive atualmente nas grandes cidades, deixando bem clara a idéia de que não é preciso ser guarda-costas de ministro para trocar a vida pessoal pelo excesso de serviço. Seríamos todos infelizes "guardiões" profissionais dos interesses alheios.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus