O HOMEM QUE NÃO ESTAVA LÁ

O HOMEM QUE NÃO ESTAVA LÁ

(The Man Who Wasn't There)

2001 , 116 MIN.

14 anos

Gênero: Drama

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Joel Coen

    Equipe técnica

    Roteiro: Etan Cohen, Joel Coen

    Produção: Ethan Coen

    Fotografia: Roger Deakins

    Trilha Sonora: Carter Burwell

    Elenco

    Adam Alexi-Malle, Billy Bob Thornton, Brian Haley, Christopher Kriesa, Frances McDormand, Jack McGee, James Gandolfini, Jon Polito, Katherine Borowitz, Michael Badalucco, Peter Schrum, Richard Jenkins, Scarlett Johansson, Ted Raimi, Tony Shalhoub

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Roteiristas, diretores e produtores, os irmãos Joel e Ethan Coen são responsáveis por momentos memoráveis do cinema americano que anda na contramão de Hollywood. Entre suas obras estão pequenas preciosidades como Barton Fink, O Grande Lebowski, Fargo e Arizona Nunca Mais. Unindo seus filmes, há pelo menos dois marcantes pontos em comum: (1) um estilo visual sempre criativo e (2) o constante tema do homem comum que supera os limites da própria mediocridade quando submetido a uma forte dose de estresse.

    O novo trabalho dos irmãos Coen – O Homem Que Não Estava Lá - segue pelos mesmos caminhos. Tudo acontece numa pequena cidade do interior, onde um inexpressivo barbeiro Ed (Billy Bob Thornton, ótimo) vive no mais profundo tédio. De dia, ele divide uma barbearia com seu cunhado e corta cabelos com espantosa impassividade. À noite, finge não perceber que divide a esposa Doris (Frances McDormand, de Fargo) com o amigo Big Dave (James Galdolfini, que roubou a cena em A Mexicana). E assim Ed gasta sua vida como se ele próprio não “estivesse lá”, um eterno ausente dos próprios atos.

    Tudo isso termina quando o impassível barbeiro vislumbra a possibilidade de investir num novo negócio. Mas, para isso, ele teria de levantar US$ 10 mil. É a partir daí que o filme toma rumos inesperados que vão envolvendo seu protagonista numa teia de acontecimentos que misturam o trágico e o cômico.

    O primeiro ponto que se destaca em O Homem Que Não Estava Lá é sua fotografia: um deslumbrante preto-e-branco que enche a tela e os olhos dos espectadores. Como a ação é ambientada nos anos 40, a opção pelo abandono do colorido se mostra das mais acertadas, além de acentuar a frieza contida do personagem principal. A seguir os olhos passeiam por uma caprichada direção de arte que reconstitui em cada detalhe as roupas, os objetos, os automóveis e o estilo de uma pequena cidade californiana do período pós-guerra.

    Também rapidamente o espectador toma contato com mais uma excelente interpretação de Billy Bob Thornton, um verdadeiro camaleão que parece se transformar a cada novo papel. Nem parece que é o mesmo ator que esteve em Vida Bandida, Alto Risco, Armagedon, Um Plano Simples e Na Corda Bamba.

    Passados os impactos visuais, vem a trama propriamente dita. Um belo roteiro, enxuto, que não se preocupa em buscar o “grande momento”, nem o gran finale, mas sim em contar a história tão particular de um homem tão particular. Um homem que, no fundo, pudesse ser qualquer um de nós.
    A direção de Joel Coen é sóbria, contida, afinando-se perfeitamente com o aparente descaso crônico do barbeiro Ed. Tudo segue no ritmo próprio de uma cidade pequena. Nada é espetacular, muito menos espetaculoso. Sobrando, em excesso, talvez apenas o talento destes dois irmãos geniais que fazem não apenas uma série de bons filmes, mas que conseguem construir uma verdadeira obra cinematográfica – com coerência e estilo – fato raro no cinema comercial moderno.

    Não por acaso, O Homem Que Não Estava Lá deu a Joel Coen o prêmio de Melhor Diretor no Festival de Cannes (empatado com David Lynch pelo ainda inédito Mulholland Dr.), além de concorrer ao Oscar de Fotografia.

    28 de fevereiro de 2002

    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. [email protected]

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus