O MONGE

O MONGE

(Le Moine)

2011 , 101 MIN.

14 anos

Gênero: Drama

Estréia: 07/09/2012

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Dominik Moll

    Equipe técnica

    Roteiro: Anne-Louise Trividic, Dominik Moll

    Produção: Michel Saint-Jean

    Fotografia: Patrick Blossier

    Trilha Sonora: Alberto Iglesias

    Estúdio: 120 Films, A Plus Image 2, Backup Films, Banque Postale Image 4, Canal+, Centre National de la Cinématographie (CNC), CinéCinéma, Coficup, Diaphana Films, El Monje La Pelicula AIE, Estrategia Audiovisual, Eurimages, France 3 Cinéma, France Télévision, Instituto de Crédito Oficial (ICO), Instituto de la Cinematografía y de las Artes Audiovisuales (ICAA), Memento Films International, Morena Filmes, Navarra Film Commission, Région Languedoc-Roussillon, Soficinéma 6, Televisió de Catalunya (TV3), Uni Étoile 8

    Distribuidora: Califórnia Filmes

    Elenco

    Ana Pérez Plasencia, Catherine Mouchet, Déborah François, Ernst Umhauer, Francisco Tomás, Frédéric Noaille, Gabriel Ignacio, Geraldine Chaplin, Guillem Ballart, Jean-Charles Dumay, Jean-Claude Dauphin, Jean-Francois Vendroux, Jean-Marc Galluis, Jordi Dauder, Joséphine Japy, Juliette Savary, María Begoña Mancho, Martine Vandeville, Nil Ripoll Esteban, Pascal Loison, Pierre-Félix, Rosa María Rodríguez, Roxane Duran, Serge Feuillard, Sergi López, Vincent Cassel

  • Crítica

    02/09/2012 15h00

    Ao entrevistar Vincent Cassel por seu personagem em À Deriva, de Heitor Dália, pude ver o carisma e o charme que esse ator francês exala. Não é à toa que o galã é casado com uma das mulheres mais bonitas do mundo: Monica Bellucci. E já trabalhou com a esposa em Irreversível. Mas o meu filme preferido com o ator é O Ódio.

    Em O Monge, Cassel interpreta Frei Ambrósio, um religioso que atrai multidões com seus sermões rigorosos. Na trama, o personagem acredita estar acima do mal e julga-se imune à qualquer tentação. Porém, suas convicções são abaladas com a chegada de Valério, jovem desfigurado que esconde um segredo. No meio desse mistério, começa uma estranha parceria que leva a história a sinistros acontecimentos.

    O filme, terceira adaptação para o cinema do romance gótico de Matthew Lewis, foi dirigido pelo alemão Dominik Moll e traz também no elenco Geraldine Chapln, Déborah François e Sergi López.

    A fotografia, a direção de arte, o figurino e a trilha, aliados à escolha de tomadas de câmera mais tranquilas, fazem o filme paracer realmente antigo, de outra época.
    Claro que as locações na Espanha também ajudaram a criar o clima soturno e nebuloso da Idade Média.

    Em O Monge, você é apresentado a mais uma das facetas de Vincent Cassel, com seu personagem rígido, sério, denso. Não posso deixar de mencionar que Cassel, além de um ótimo ator, é mais um francês que se apaixonou pelo Brasil. Dizem que até está pensando em morar no Rio de Janeiro.

    Bom… falar português não será um problema para o ator. E vê-lo pelo Leblon tomando chope com amigos no famoso Bar Jobi, não é mais uma novidade.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus