O OBSERVADOR

O OBSERVADOR

(The Watcher)

2000 , 93 MIN.

14 anos

Gênero: Suspense

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Jeff Jensen, Joe Charbanic

    Equipe técnica

    Roteiro: Dacry Meyers, David Elliot

    Produção: Brian Benson

    Fotografia: Michael Chapman

    Trilha Sonora: Marco Beltrami

    Estúdio: Universal Pictures

    Elenco

    Chris Ellis, Ernie Hudson, James Spader, Keanu Reeves, Marisa Tomei, Robert Cicchini, Yvonne Niami

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Em maior ou menor quantidade, todo mundo faz besteira. É natural da vida. Porém, quase ninguém sai pelo mundo afora alardeando as porcarias que fez. No mundo do cinema é diferente: muitas vezes as pessoas cometem imensas bobagens e, não contentes, ainda mostram o resultado para todos. É o caso do suspense policial O Observador, que estréia neste final de semana nos cinemas do Brasil. Que tudo no filme tenha dado errado é uma coisa. Acontece nas melhores famílias. Mas o que justifica exibir nas telas um fracasso desses?

    Aquilo que o diretor chama de roteiro tenta contar a história de David (Keanu Reeves), um psicopata que observa atentamente suas vítimas antes de atacá-las. A idéia é saber tudo sobre a rotina da futura assassinada. Para que? Quem sabe? Não contente em apenas sair matando, David resolve também infernizar a vida do policial Campbell (James Spader, de Sexo, Mentiras e Videotape) propondo a ele um joguinho mórbido. Enviar à polícia uma fotografia de cada próxima vítima (o que dá margem a mais um merchandising explícito da FedEx no cinema) horas antes de matá-la. Tudo sem amarração, solto, em um roteirinho fraco de dar dó. No final do filme fica-se com a sensação que o projecionista esqueceu de passar um ou mais rolos do filme.

    A presença do astro Keanu Reeves em uma produção deste tipo só se justifica por meio da amizade: o diretor Joe Charbanic, que faz aqui sua estréia no cinema, dirigiu também um documentário sobre a banda Dogstar, da qual Reeves faz parte. Os dois se tornaram amigos.
    Mas, não é por causa disso que o público vai engolir uma bobagem tão grande como O Observador.

    12 de março de 2001
    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista especializado em cinema desde 1980. Atualmente é crítico de cinema da Rede Bandeirantes de Rádio e Televisão e do Canal 21. Às sextas-feiras é colunista do Cineclick. [email protected]

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus