OTÁVIO E AS LETRAS

OTÁVIO E AS LETRAS

(Otávio e as Letras)

2007 , 83 MIN.

Gênero: Drama

Estréia: 25/04/2008

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Marcelo Masagão

    Equipe técnica

    Roteiro: Andrea Menezes, Marcelo Masagão

    Produção: Marcelo Masagão

    Fotografia: Tiago Lage

    Trilha Sonora: Wim Mertens

    Estúdio: Agência Observatório

    Elenco

    Arieta Corrêa, Donizete Mazonas, Fábio Malavoglia, Heitor Goldflus, Nilce Costomski, Victoria Camargo

  • Crítica

    25/04/2008 00h00

    O cineasta Marcelo Masagão, famoso pelo curta-metragem Nós Que Aqui Estamos por Vós Esperamos (1998) e por ter criado o Festival do Minuto, apresenta seu segundo longa-metragem de ficção, Otávio e as Letras. Este longa faz com que seu trabalho se aproxime muito mais da videoarte - moderna forma de expressão artística que utiliza técnicas em vídeo em peças de artes plásticas - do que do cinema em seu molde tradicionalmente concebido.

    Ao acompanhar a história de dois personagens solitários que transitam pelas ruas de São Paulo, Masagão é capaz de desenvolver belos planos, aproveitando muito bem toda a geografia urbana e particular da cidade de São Paulo. O diálogo que o filme trava com a trilha sonora de Wim Mertens - parceiro musical antigo do diretor - é interessante e é capaz de hipnotizar o espectador que consegue embarcar nessa "viagem".

    Otávio e as Letras é um filme denso e difícil demais para o grande público. O cinema de Masagão não tem uma narrativa muito bem definida, suas intenções são misteriosas à maioria do público e a economia de palavras no roteiro faz com que o filme seja dificilmente digerido.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus