PELÉ ETERNO

PELÉ ETERNO

(Pelé Eterno)

2004 , 167 MIN.

Gênero: Documentário

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Anibal Massaini Neto

    Equipe técnica

    Roteiro: José Roberto Torero

    Produção: Anibal Massaini Neto

    Fotografia: Conrado Sanchez

    Trilha Sonora: Vicente Sálvia

    Estúdio: Cinearte Produções Cinematográficas

    Distribuidora: Universal Pictures

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Fazer um documentário sobre Pelé é tão rentável quanto era, para um time, contratá-lo durante o auge de sua carreira de esportista. Por isso, não há muito o que se falar sobre a intenção de Anibal Massaini Neto ao ter a idéia de produzir e dirigir Pelé Eterno, longa que se propõe a ser um documentário, mas funciona mais como uma caprichada homenagem ao Atleta do Século.

    "Pelé é o atleta mais famoso do mundo." Pelé Eterno começa com uma frase dessas e, entre um clichê futebolístico e outro, passa duas horas exaltando a figura do atleta mineiro. Não há como sair do cinema achando que Pelé é um picareta ou algo que o valha. Não que ele seja, muito pelo contrário, mas, se você tem dúvidas quanto à legitimidade de seu futebol, pode estar certo que a produção fará de tudo para mudar sua opinião. Pelé Eterno concentra-se em sua figura dentro dos campos. Quando tenta amplificar esse retrato no âmbito pessoal, a produção escorrega, não mostra nada que seja diferente do que já se conhece e não define seu foco, o que é um grande problema. Por tanta parcialidade, a classificação "documentário" não cabe neste caso, uma vez que estas produções costumam ter informações abrangentes em relação ao objeto documentado. É, portanto, uma homenagem, quase um vídeo institucional do atleta.

    Mas é claro que Pelé Eterno tem alguns méritos, especialmente quando se trata do que mais aparece durante a projeção: os gols de Pelé. As imagens, antigas e desgastadas, foram restauradas perfeitamente. São mais de 400 lances reproduzidos na tela, mostrando para quem quiser ver sua maestria nos campos de futebol. Outras imagens, como a reação dos torcedores em relação aos lances do Pelé, mostram a importância do futebol na sociedade brasileira.

    No reino do futebol, Pelé Eterno mostra quem é o rei e, dentre os que gostam do esporte, mas nunca tiveram a oportunidade de vê-lo em campo, está aí uma oportunidade de ter uma idéia do motivo pelo qual Pelé é tão idolatrado não somente por aqui, mas no mundo inteiro. Mesmo quem não liga para futebol, como eu, consegue ficar acordado durante as duas horas de projeção porque, mais do que futebol, Pelé fazia arte nos campos. O mérito em Pelé Eterno está exatamente em mostrar com clareza esta arte.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus