PERRO COME PERRO

PERRO COME PERRO

(Perro Come Perro)

2008 , 106 MIN.

Gênero: Drama

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Carlos Moreno

    Equipe técnica

    Roteiro: Alonso Torres, Carlos Moreno

    Produção: Diego Ramirez

    Fotografia: Juan Carlos Gil

    Trilha Sonora: José Hermán

    Elenco

    Álvaro Rodríguez, Andrés Toro, Blas Jaramillo, Diego Quijano, Gianina Aran, Hansel Camacho, Julián Caicedo, Marlon Moreno, Oscar Borda, Paulina Rivas, Rodrigo Vélez

  • Crítica

    23/05/2009 10h00

    A produção colombiana Perro Come Perro, dirigida por Carlos Moreno, é uma violenta história que se passa nas ruas de Cali. Logos nos créditos, é possível perceber o que podemos esperar: um longa-metragem de cortes rápidos, modernos e permeados pela violência. E, de fato, Perro Come Perro entrega o que promete.

    A história gira em torno de Victor (Marlon Moreno), um criminoso contratado. No começo do filme, ele e dois companheiros são responsáveis por recuperar uma enorme quantidade de dólares. Ele diz que não achou nada, mas resolve esconder a grana. Mais tarde, já em Cali, ele tenta enganar o homem que o contratou a fim de ficar com a bolada. Ele também ganha um novo companheiro, Eusebio (Oscar Borda), contratados para executar mais um trabalho. Eusebio tem seus próprios problemas: é alvo de um trabalho e magia negra. Por isso, sofre de terríveis pesadelos.

    Perro Come Perro é totalmente influenciado por filmes de Quentin Tarantino, principalmente nessa atmosfera criminosa e violenta. A fotografia é árida e monocromática, ajudando a inserir o espectador na própria aridez da realidade dos personagens. Não existe maniqueísmo. Na realidade, todos os personagens têm seus crimes, seus erros e não há muitos problemas em mostrar isso na tela. O roteiro, cheio de meandros e histórias paralelas, é muito bem resolvido e amarrado. A trilha sonora, de José Herman, é composta de músicas que ajudam a dar esse ar latino ao longa-metragem, que representa muito bem a cinematografia colombiana.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus