POR SUS PROPIOS OJOS

POR SUS PROPIOS OJOS

(Por sus propios ojos)

2008 , 79 MIN.

Gênero: Drama

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Liliana Paolinelli

    Equipe técnica

    Roteiro: Liliana Paolinell

    Produção: Paula Grandio

    Fotografia: Martín Mohadeb

    Trilha Sonora: Vincent Artaud

    Estúdio: Mandragora Producciones

    Elenco

    Ana Carabajal, Eva Bianco, Lucía Pihen, Luisa Núñez, Magdalena Combes, Mara Dopaso, Maximiliano Gallo

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Por Sus Propios Ojos marca a estréia da realizadora argentina Liliana Paolinell é também o primeiro trabalho da protagonista Ana Carabajal.

    Por Sus Propios Ojos, roteirizado por Liliana, acompanha a jornada de Alicia (Ana), uma estudante de cinema que, ao lado da amiga Virginia (Mara), produz um documentário sobre as mulheres que visitam presos numa penitenciária na Argentina. Tendo de lidar com a rispidez da maioria, que não quer falar sobre este assunto tão difícil, elas acabam conhecendo Elza (a excelente estreante Luisa Núñez, premiada no Festival de Biarritz). Mãe de um jovem preso, ela parece interessada demais, especialmente em Alicia. A dupla tenta entrevistá-la, mas Elza parece sempre colocar obstáculos nas atividades cinematográficas das meninas. Aos poucos, suas intenções se revelam ao mesmo tempo em que Alicia parece se abrir mais às situações que lhe são impostas.

    Trata-se de um drama honesto e interessante. Com cara de documentário, principalmente quando as câmeras de Liliana acompanham as de suas personagens no momento em que elas buscam as protagonistas de seu filme. Essa metáfora do "filme dentro do filme" sempre é interessante, mas, aos poucos, Por Su Propios Ojos mostra outro interesse: observar o comportamento da personagem principal, Alicia, na medida em que se envolve com seu trabalho cinematográfico. Ou seja, o drama ainda prefere analisar a personagem ao seu trabalho como cineasta. O casting também é bem-sucedido nessa intenção meio documental, já que os atores são reais, plausíveis, com suas belezas completamente comuns.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus