PREMONIÇÃO 5

PREMONIÇÃO 5

(Final Destination 5)

2011 , 92 MIN.

16 anos

Gênero: Terror

Estréia: 23/09/2011

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Steven Quale

    Equipe técnica

    Roteiro: Eric Heisserer, Jeffrey Reddick

    Produção: Craig Perry, Warren Zide

    Fotografia: Brian Pearson

    Trilha Sonora: Brian Tyler

    Estúdio: Jellystone Films, New Line Cinema

    Distribuidora: Warner Bros

    Elenco

    Andy Nez, Arlen Escarpeta, Barclay Hope, Blaine Anderson, Brent Stait, Brittany Rogers, Chasty Ballesteros, Courtney B. Vance, David Koechner, Dawn Chubai, Diana Pavlovská, Ellen Wroe, Emma Bell, Frank Topol, Grace Baek, Ian Thompson, Jacqueline MacInnes Wood, Jasmin Dring, Jodi Balfour, June B. Wilde, Michael Adamthwaite, Mike Dopud, Miles Fisher, Nicholas D'Agosto, P.J. Byrne, Roman Podhora, Ryan Hesp, Tanya Hubbard, Tim Fellingham, Tony Todd

  • Crítica

    19/09/2011 11h13

    Sempre achei que a expressão “mais do mesmo” é mais do mesmo. Mas no caso de Premonição 5 não há como fugir dela. O filme segue exata e cansativamente o mesmo padrão matemático e sistemático dos outros quatro da franquia. O que, pelo menos, não vai decepcionar os fãs que esperam... mais do mesmo.

    Desta vez a história começa com um grupo de oito colegas de uma mesma empresa (que se chama Presage...) que, graças à premonição de um deles, escapa da morte de um mega acidente que ocorre sobre uma ponte em reformas. E o resto você já conhece: a morte não pode ser ludibriada, e vai à caça de cada um dos sobreviventes que deveriam ter morrido antes.

    O problema maior de Premonição 5 nem é a sua estrutura de roteiro previsível que, afinal, é mais ou menos esperada por quem vai curtir um filme-franquia. Mas sim a cena inicial do desastre da ponte, que é muito superior às mortes que se seguirão.

    Ou seja, ao invés de se desenvolver num crescente, o filme decai após a (boa) qualidade da tragédia inicial, chegando quase a se tornar sonolento em sua segunda metade. Fraco, o jovem elenco não ajuda.

    Felizmente, porém, o final é bem resolvido, remete com criatividade ao primeiro filme da série, e acaba se constituindo na melhor idéia de Premonição 5 (não, não vou contar).

    Vai bem com bastante pipoca.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus