Pôster de Qual é o teu Negócio?

QUAL É O TEU NEGÓCIO?

(Qual é o teu Negócio?)

2012 , 78 MIN.

Gênero: Documentário

Estréia: 29/11/2013

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Sérgio Gagliard

    Equipe técnica

    Roteiro: Sérgio Gagliard

    Produção: Daniel Melloni, Sergio Gagliardi, Toni Nogueira

    Fotografia: Toni Nogueira

    Estúdio: DGT Fimes

    Distribuidora: Brazucah

  • Crítica

    25/11/2013 12h36

    Este é um documentário formal, sustentado em entrevistas. Simples como seus personagens, brasileiros que lutam diariamente pela sobrevivência. Mas é justamente desta gente batalhadora que compõe essa massa anônima chamada povo que Qual é o teu Negócio? extrai seu brilho.

    O filme trata de uma figura bem conhecida de todos nós: o pequeno empreendedor. Este que vemos nas ruas, vendendo seus produtos numa barraquinha, ou nos bairros de periferia, movimentando a economia com seus rudimentares comércios nascidos de um "puxadinho" aqui ou uma parede derrubada acolá.

    Em produções como essa, que busca sua força nos depoentes, saber garimpar quem tem algo a dizer é fundamental. E o diretor Sérgio Gagliardi fez direitinho suas escolhas. Tanto que seu filme se constrói inteiramente em cima do que dizem seus personagens. Não há a necessidade de recursos narrativos auxiliares como o voz-off ou letreiros com informações adjacentes.

    Começamos o filme sem mesmo saber o nome dos entrevistados, gente desconhecida da qual vamos nos aproximando aos poucos – eles são identificados somente no final e apenas pelos primeiros nomes. Isso basta; são um apanhado de brasileiros valorosos como muitos outros que compõem esse país. Válido mesmo é conhecer a história pessoal de cada um e sua luta para prosperar com o sonhado negócio próprio.

    A montagem intercala as entrevistas com cenas dos bairros da periferia no Rio de Janeiro e São Paulo onde residem e trabalham esses pequenos empresários. Há também a inserção de cenas de uma obra em construção, metáfora da vida destes homens e mulheres que foram construíndo seu sucesso aos poucos, tijolo a tijolo.

    Salão de beleza, barraca na feira, ferro-velho, armarinho, padaria, loja de conserto de instrumentos musicais e mesmo uma escola. Negócios variados que têm por trás histórias fascinantes de perseverança, tenacidade e inteligência empírica, esta que não se aprende nos bancos da faculdade.

    Como não se envolver com a perspicácia de uma vendedora de biquínis do Mercado Popular Uruguaiana, no Rio de janeiro. Extrovertida, a pequena empresária dá uma aula de administração e economia sem os floreios e termos técnicos dos especialistas em gestão.

    Quase no final de Qual é o teu Negócio? há uma cena acelerada onde pedreiros finalizam uma laje com a camada final de cimento. Os tijolos expostos, as vigas, os buracos desaparecem e tudo fica plano, sem obstáculos, sólido. Alegoria da vida desses brasileiros empreendedores que deram certo, mas não sem antes colocarem a mão na massa. Uma pena que o filme não acabe extamente neste ponto; o pouco que vem depois é supérfluo. 

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus