SENTINELA

SENTINELA

(The Sentinel)

2006 , 108 MIN.

14 anos

Gênero: Policial

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Clark Johnson

    Equipe técnica

    Roteiro: George Nolfi

    Produção: Arnon Milchan, Marcy Drogin, Michael Douglas

    Fotografia: Gabriel Beristain

    Trilha Sonora: Christophe Beck

    Estúdio: Further Films, New Regency Pictures

    Elenco

    Eva Longoria, Kiefer Sutherland, Kim Basinger, Martin Donovan, Michael Douglas, Ritchie Coster

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Os bastidores da Casa Branca - lar dos presidentes norte-americanos - já renderam muitos filmes a Hollywood. Especialmente em se tratando do corpo de seguranças que protege uma das pessoas mais visadas do planeta. Assim como Perigo Real e Imediato (1992), entre tantos outros, Sentinela foca a luta dos seguranças pela proteção do presidente dos EUA.

    A trama é focada no segurança Pete Garrison (Michael Douglas) que, depois de ter salvado a vida do presidente Richard Nixon nos anos 80, segue trabalhando na Casa Branca, agora sendo responsável pela proteção da primeira-dama (Kim Basinger). Por meio de um antigo informante, ele fica sabendo que pode existir alguém dentro de sua equipe que, junto a terroristas russos, planeja um atentado contra o presidente Ballentine (David Rasche). Mas, quando ele mesmo começa a ser envolvido no mistério, deve provar sua inocência antes que seja tarde demais. Especialmente junto ao agente David Breckinridge (Kiefer Sutherland), que, ao lado de sua nova assistente, a bela Jill Marin (Eva Longoria, do seriado Desperate Housewives), faz parte de um departamento que investiga possíveis ameaças à vida do presidente.

    Sentinela é um filme que enfoca estritamente os bastidores da Casa Branca. Tanto que o presidente dos EUA tem menos destaque do que sua esposa, até. A câmera é tremida, observando algumas ações de longe, como se o próprio espectador tivesse o mesmo ponto de vista de um segurança. A forma como o diretor Clark Johnson (S.W.A.T.) conduz a ação é convincente, bem mais do que assistir a um Michael Douglas cheio de vigor físico após ter ultrapassado os 60 anos.

    A trama, confusa e repleta de lugares-comuns, também não é das melhores, mas o filme acaba saindo melhor do que a encomenda por prender a atenção do espectador até o fim. A dinâmica entre os dois protagonistas, Michael Douglas e Kiefer Sutherland, é atraente e a presença de Sutherland deve atrair, também, os fãs do seriado 24 Horas. Como um suspense de ação sem pretensão alguma, Sentinela funciona, mas não oferece mais do que um pouco de diversão.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus