SIMPLESMENTE MARTHA

SIMPLESMENTE MARTHA

(Bella Martha/ Mostly Martha)

2001 , 105 MIN.

anos

Gênero: Comédia

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Sandra Nettelbeck

    Equipe técnica

    Roteiro: Sandra Nettelbeck

    Produção: Christoph Friedel, Karl Baumgartner

    Fotografia: Michael Bertl

    Trilha Sonora: Arvo Pärt, David Darling, Keith Jarrett

    Elenco

    Antonio Wannek, August Zirner, Diego Ribon, Idil Üner, Katja Studt, Martina Gedeck, Maxime Foerste, Oliver Broumis, Sergio Castellitto, Sibylle Canonica, Ulrich Thomsen

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Martha (Martina Gedeck) é uma chef de cozinha de primeiríssima linha. Aplicada e rigidamente alemã, seu sucesso é baseado em receitas seguidas à risca, com ingredientes corretos e temperaturas precisas. Porém, o inesperado e o inevitável desabam de uma só vez sobre Martha: uma tragédia familiar faz com que ela seja obrigada a tomar conta de Lina (a estreante Maxime Foerste), sua sobrinha de oito anos. De uma hora para outra, sua metódica e corriqueira rotina diária fica irreversivelmente abalada. Tudo parece piorar quando Mário (o ótimo Sergio Castelitto, de Quem Sabe?), um chef de cozinha displicentemente italiano, aparece na sua vida.

    Vencedor de várias premiações em festivais europeus, Simplesmente Martha é um filme despretensioso, de leitura simples e direta, mas que mesmo assim traz momentos de intensa emoção. Sua mensagem de tolerância - contrapondo a rigidez alemã com o "jogo de cintura" latino - chega a ser escancarada e óbvia, o que certamente dilui a densidade dramática do trabalho, mas não o descredencia como uma simpática opção romântica. Boa parte da qualidade do filme deve ser creditada ao ótimo trabalho da dupla central de atores, carismática e eficiente.

    Simplesmente Martha foi bem-recebido até nos Estados Unidos - país intolerante à legendagem - onde faturou mais de US$ 4 milhões, quantia significativa para uma produção estrangeira. Nada mau para um projeto criado originalmente para a TV.

    19 de fevereiro de 2003

    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. [email protected]

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus