TERRA

TERRA

(Earth)

2007 , 96 MIN.

anos

Gênero: Documentário

Estréia: 22/04/2009

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Alastair Fothergill, Mark Linfield

    Equipe técnica

    Roteiro: Alastair Fothergill, Mark Linfield

    Produção: Alix Tidmarsh, Sophokles Tasioulis

    Fotografia: Andrew Shillabeer, Richard Brooks Burton

    Trilha Sonora: George Fenton

    Elenco

    James Earl Jones, Patrick Stewart

  • Crítica

    22/04/2009 00h00

    Estreando nos cinemas mundiais em pleno Dia Mundial da Terra, 22 de abril, Terra é um documentário co-produzido entre a Disneynature - "braço" dos estúdios Walt Disney relacionado a produções sobre o meio-ambiente -, a rede inglesa BBC Worldwide e a Greenlight Media. Baseado na série Planeta Terra, exibida na Discovery Channel em 2006, trata-se de um documentário que celebra a diversidade natural na Terra.

    Dirigido por Alastair Fothergill e Mark Linfield - especializados em produções sobre a vida selvagem -, Terra apresenta uma série de animais pitorescos que podem ser encontrados na Terra, como um pássaro na Nova Guiné que apresenta um visual um tanto quando exótico no momento da dança do acasalamento. Ou a impressionante caçada de um guepardo, mostrada em câmera lenta, mesmo recurso utilizado para mostrar um tubarão devorando sua presa em trecho mais belo ainda. Ao mesmo tempo, o documentário acompanha o movimento migratório de três famílias: uma elefanta e seu filhote, uma baleia e o filhote e uma família de ursos polares que sofrem com o aquecimento global.

    O grande destaque de Terra está nas espetaculares imagens captadas pelos diretores. Para capturar as imagens sem que houvesse interferência na "cena" - mantendo o distanciamento, mas sem comprometer as situações com as quais eles se encontravam no caminho -, a equipe utilizou o gyro-stabilized Cineflex aerial camera system, permitindo que tudo fosse capturado a longuíssima distância e altura. Foi um trabalho complexo, com mais de quatro mil dias de filmagem. Isso mesmo. Quatro mil dias. Mais conhecido como quase 11 anos, se contarmos o tempo de captação de imagens da produção televisiva e a que temos agora, já que muitas imagens da série estão no longa. O orçamento do filme e da série combinados (US$ 40 milhões) faz com que Terra seja o mais caro documentário do gênero e tudo está mostrado em película.

    E, de fato, as cenas de Terra são impressionantes, fazendo com que a produção conquiste facilmente os apreciadores de documentários sobre a vida selvagem. Ao focar diferentes espécies - diferentemente de outro sucesso do gênero, A Marcha dos Pinguins (2005), por exemplo - acaba diversificando o tipo de interesse que o espectador pode ter no documentário. O texto da narração é divertido e o uso da câmera lenta é feita de forma primorosa, como na já citada cena do guepardo caçando, bem como a aceleração das imagens, como quando Terra mostra o florescer nas estações.

    Não existem muitas intenções didáticas em Terra, mas sim uma intenção clara de mostrar o quão diversificado em espécies é o planeta que, evidentemente, está sendo destruído por conta da irresponsabilidade humana. A mensagem careta e evidente não é explicitada no filme, mas é algo a se pensar depois de assistir à produção. Que, no final, resulta num belo exemplo de documentário essencial sobre a vida selvagem

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus