TUDO PARA FICAR COM ELE

TUDO PARA FICAR COM ELE

(The Sweetest Thing)

2002 , 84 MIN.

Gênero: Comédia

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Roger Kumble

    Equipe técnica

    Roteiro: Nancy Pimental

    Produção: Cathy Konrad

    Fotografia: Anthony B. Richmond

    Trilha Sonora: Ed Shearmur

    Estúdio: Sony Pictures Entertainment

    Elenco

    Cameron Diaz, Christina Applegate, Jason Bateman, Parker Posey, Selma Blair, Thomas Jane

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    O título, o pôster e a atriz principal enganam. À primeira vista, tem-se a impressão que Tudo Para Ficar Com Ele é apenas mais uma daquelas comédias de mau gosto dos Irmãos Farrelly, do tipo Quem Vai Ficar com Mary? Felizmente, não é. Mesmo resvalando na baixaria, Tudo Para Ficar Com Ele é muito mais inteligente, criativo e divertido do que qualquer filme dos Farrelly. O que pode não significar muita coisa, mas já é um bom começo.

    A trama é centralizada em três belas amigas. Christina (Cameron Diaz, de As Panteras) é a gostosona do pedaço, tem todos os homens que deseja, mas foge de relacionamentos sérios como diabo da cruz. Courtney (Christina Applegate, de Marte Ataca!) quer mais é curtir a vida, enquanto não chega seu príncipe encantado. Se é que ele chegará. E Jane (Selma Blair, de Segundas Intenções e Legalmente Loira), a mais careta, está em depressão após ter sido dispensada pelo namorado. Quando as três decidem ir a uma danceteria, para levantar o astral de Jane, suas vidas começam a mudar. Christina conhece Peter (Thomas Jane, de Pecado Original), um sujeito que, estranhamente, não está desesperado para levá-la para cama logo no primeiro encontro. Jane esquece rapidamente sua dor-de-cotovelo. E Courtney, como sempre, está curtindo tudo. No dia seguinte, Christina não consegue tirar da cabeça aquele rapaz que a esnobou. E o título em português do filme começa a fazer sentido.

    Tudo Para Ficar Com Ele chama a atenção por abordar, sem preconceitos, os desejos sexuais femininos. Na maioria das vezes, as comédias com tom erótico são narradas sob o ponto de vista dos homens. Quase sempre são eles os "caçadores". Aqui, a situação se inverte. A roteirista Nancy Pimental - estreando no cinema - não usa meias palavras para deixar claro que as mulheres também caçam, sim. E muito. Os mais conservadores podem estranhar o tom abertamente erótico do filme e não curtir, por exemplo, uma sátira ao filme Fama, em que se faz uma apologia escancarada ao pênis. Mas vale lembrar que Pimental também é roteirista da série de desenhos South Park, em que o escracho corre solto.

    Com direção de Rober Kumble, o mesmo de Segundas Intenções, Tudo Para Ficar Com Ele pode ser uma boa diversão para os menos conservadores ou moralistas.

    22 de agosto de 2002
    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. [email protected]

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus