UMA QUESTÃO DE FAMÍLIA

UMA QUESTÃO DE FAMÍLIA

(My Kingdom)

2001 , 117 MIN.

18 anos

Gênero: Drama

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Don Boyd

    Equipe técnica

    Roteiro: Don Boyd, Nick Davies

    Produção: Gabriele Bacher, Neal Weisman

    Fotografia: Dewald Aukema

    Trilha Sonora: Deirdre Gribbin, Simon Fisher-Turner

    Elenco

    Aidan Gillen, Emma Catherwood, Jimi Mistry, Lorraine Pilkington, Louise Lombard, Lynn Redgrave, Paul McGann, Reece Noi, Richard Harris, Tom Bell

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Sandeman (o ótimo Richard Harris, de Gladiador) acredita que tem uma família razoavelmente unida. O império construído com o dinheiro do crime e do tráfico de drogas permitiu a ele algumas extravagâncias financeiras, como presentear uma de suas filhas com um time inteiro de futebol. Ou financiar o bordel de luxo de outra. Porém, a morte inesperada de sua esposa Many (Lynn Regrave) rapidamente expõe a dura realidade: a família está totalmente desagregada. Duas de suas filhas são capazes de tudo pela herança da mãe, enquanto a terceira o renega por sua vida de crimes.

    Uma Questão de Família não esconde suas raízes trágicas: inspirado em Rei Lear, de Shakespeare, o filme não usa meias palavras para escancarar a falsidade das relações de uma família que tem na ganância seu principal valor. Mentiras, traições, assassinatos, tudo é válido na busca pelo poder econômico infinito. Uma busca que gera uma violência em espiral ascendente, que atinge a todos sem distinção e não demora a retornar, impiedosa, à própria origem.

    Ambientado numa Liverpool decadente, sofrida e maravilhosamente fotografada em tons opressores, Uma Questão de Família é uma tragédia clássica de amor e ódio, de culpa e vingança. Temas imortais tanto na época de Shakespeare como nos violentos dias atuais.

    17 de junho de 2002
    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. [email protected]

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus