UMA RECEITA PARA A MÁFIA

UMA RECEITA PARA A MÁFIA

(Dinner Rush)

2000 , 98 MIN.

Gênero: Drama

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Bob Giraldi

    Equipe técnica

    Roteiro: Brian S. Kalata, Rick Shaughnessy

    Produção: Bob Giraldi, Louis DiGiaimo, Patti Greaney

    Fotografia: Tim Ives

    Trilha Sonora: Alex Lasarenko

    Elenco

    Danny Aiello, Edoardo Ballerini, Kirk Acevedo, Mike McGlone, Sandra Bernhard, Vivian Wu

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    O Gigino é um tradicional restaurante de Nova York, freqüentado por descolados da cidade, e badalado pela mídia por causa de seus pratos exóticos. O que poucos sabem é que esta charmosa trattoria na verdade é uma fachada para as apostas ilegais do elegante italiano Louis Cropa (o sempre eficiente Danny Aiello).

    Contudo, nos dias de hoje há pouco espaço para a velha Máfia. Udo (Edoardo Ballerini, de Romeu Tem Que Morrer), filho de Louis, quer que o pai abandone a ilegalidade e deixe o restaurante para ele continuar a criar seus deliciosos pratos. Ao mesmo tempo, dois criminosos tentam tomar posse do lugar, na base da extorsão e da violência.

    Toda a ação acontece numa única noite e num único lugar: o próprio restaurante. Aos poucos, lotam a casa os mais diferentes personagens, como uma excêntrica crítica gastronômica, um marchand mal-humorado e seus artistas protegidos, um detetive da polícia. Os funcionários também são um capítulo à parte, desde um barman que é uma verdadeira enciclopédia, até um subchefe de cozinha viciado em jogo. Com rara habilidade, o diretor Bob Giraldi costura tramas, subtramas e personagens, garante a hegemonia do bom elenco, e não deixa cair o interesse pela história. Mais do que narrar a simples trajetória de um restaurante, os roteiristas Brain Kalata e Rick Shaughnessy, estreantes no cinema, montam um painel de uma época de transições, onde o antigo charme europeu cada vez mais cede espaço às pressões do dinheiro, da fama e da badalação.

    Uma Receita para a Máfia não é um filme tão rico como o magnífico O Jantar, também ambientado totalmente num único restaurante e passado numa única noite, mas mesmo assim é saboroso e digno de ser degustado com prazer cinematográfico.

    Curiosidade: Bob Giraldi, diretor do filme, é publicitário e proprietário de vários restaurantes em Nova Iorque, Londres e Hong Kong. O Gigino existe de verdade, na Greenwich Street, 323, TriBeCa, desde 1994. Mas pelo menos até onde se sabe não é uma fachada de apostas ilegais.

    19 de maio de 2003
    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rádio CBN. [email protected]

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus