VEM DANÇAR

VEM DANÇAR

(Take The Lead)

2006 , 108 MIN.

10 anos

Gênero: Drama

Estréia:

página inicial do filme
  • Ficha técnica

    Direção

    • Liz Friedlander

    Equipe técnica

    Roteiro: Dianne Houston

    Produção: Christopher Godsick, Diane Nabatoff, Michelle Grace

    Fotografia: Alex Nepomniaschy

    Trilha Sonora: Aaron Zigman, Swizz Beatz

    Estúdio: New Line Cinema

    Elenco

    Alfre Woodard, Antonio Banderas, Dante Basco, Rob Brown

  • Crítica

    22/05/2009 11h03

    Se você não se importar de ir ao cinema para ver um filme que já viu antes, Vem Dançar pode ser uma dica divertida. Pegue o seu liquidificador de referências cinematográficas e misture tudo: Ao Mestre com Carinho, Vem Dançar Comigo, Escola de Rock e mais uma dezena de outros menos cotados, todos no mesmo estilo. Bata bem, adicione um tempero latino por meio da sempre carismática presença de Antonio Banderas e pronto. Temos um velho filme novo! Com um pequeno diferencial: aqui, a história é baseada em fatos reais.

    Banderas interpreta o verdadeiro Pierre Dulaine (que também foi consultor artístico do filme), um instrutor de danças à moda antiga, daqueles que ainda mandam flores e abrem portas para a passagem das damas e senhoritas. Certa noite, Pierre testemunha um garoto (Rob Brown, de Encontrando Forrester) destruindo e vandalizando um automóvel. Ao saber que o carro era de Augustine (Alfre Woodward), diretora de uma problemática escola perto dali, o galante Pierre arma-se de todo o seu charme latino e vai tentar convencer Augustine que os problemas de seus alunos marginais poderiam ser resolvidos com aulas de danças de salão. Nada mais estranho para uma escola que tem em seu "hall da fama" fotografias de ex-alunos que foram mortos pela criminalidade. Só para se livrar de Pierre, a diretora aceita o desafio, que, claro, dá certo. Se não desse, este filme não seria feito.

    Vem Dançar é o tipo do filme inofensivo, gostosamente previsível e absolutamente despretensioso. Fala de tolerância, perseverança, amizade e lealdade, sem nenhuma intenção além da de entreter. Não vai mudar a história do cinema, muito menos a sua vida, e certamente pode ser esquecido no primeiro pedaço de pizza logo após a sessão de cinema. Sem problemas. Dirigido por Liz Friedlander, especialista em videoclipes, Vem Dançar tem estilo e conteúdo de "filme para passar em avião" e pode ser uma divertida sessão da tarde.

    Curiosidade: vários membros do elenco estudaram dança com o verdadeiro Pierre Dulaine.

Deixe seu comentário
comments powered by Disqus